Só acontecerá na sua vida o que Deus permitir

Atualizado: Ago 31


“Livramento do Veneno da Serpente” foi o tema de um dos cultos de Celebração da Família realizados nas igrejas Renascer em Cristo.

No Renascer Hall, a palavra foi ministrada pelo Apóstolo Estevam Hernandes e pela Bispa Sonia Hernandes, com base no texto bíblico abaixo:

Atos 28.1 a 6: “Uma vez em terra, verificamos que a ilha se chamava Malta. Os bárbaros trataram-nos com singular humanidade, porque, acendendo uma fogueira, acolheram-nos a todos por causa da chuva que caía e por causa do frio. Tendo Paulo ajuntado e atirado à fogueira um feixe de gravetos, uma víbora, fugindo do calor, prendeu-se-lhe à mão. Quando os bárbaros viram a víbora pendente da mão dele, disseram uns aos outros: Certamente, este homem é assassino, porque, salvo do mar, a Justiça não o deixa viver. Porém ele, sacudindo o réptil no fogo, não sofreu mal nenhum; mas eles esperavam que ele viesse a inchar ou a cair morto de repente. Mas, depois de muito esperar, vendo que nenhum mal lhe sucedia, mudando de parecer, diziam ser ele um deus.”

Deus tem livramentos sobrenaturais para nos fazer chegar ao destino que Ele determinou.

Ágabo havia profetizado que Paulo sofreria dores impostas pelo império Romano.

Atos 21.10 a 14: “Demorando-nos ali alguns dias, desceu da Judeia um profeta chamado Ágabo; e, vindo ter conosco, tomando o cinto de Paulo, ligando com ele os próprios pés e mãos, declarou: Isto diz o Espírito Santo: Assim os judeus, em Jerusalém, farão ao dono deste cinto e o entregarão nas mãos dos gentios. Quando ouvimos estas palavras, tanto nós como os daquele lugar, rogamos a Paulo que não subisse a Jerusalém. Então, ele respondeu: Que fazeis chorando e quebrantando-me o coração? Pois estou pronto não só para ser preso, mas até para morrer em Jerusalém pelo nome do Senhor Jesus. Como, porém, não o persuadimos, conformados, dissemos: Faça-se a vontade do Senhor!”

Os percalços, muitas vezes, podem evidenciar que não acontecerá o prometido.

Atos 27.23 a 26: “Porque, esta mesma noite, um anjo de Deus, de quem eu sou e a quem sirvo, esteve comigo, dizendo: Paulo, não temas! É preciso que compareças perante César, e eis que Deus, por sua graça, te deu todos quantos navegam contigo. Portanto, senhores, tende bom ânimo! Pois eu confio em Deus que sucederá do modo por que me foi dito. Porém é necessário que vamos dar a uma ilha.”

Mas, contudo, temos que permanecer firmes e cumprir o ciclo da perseverança.

Tiago 1.3 e 4: “... sabendo que a provação da vossa fé, uma vez confirmada, produz perseverança. Ora, a perseverança deve ter ação completa, para que sejais perfeitos e íntegros, em nada deficientes.”

Em meio à viagem para Roma, a tripulação enfrentou um naufrágio. Eles, então, chegam em segurança à ilha de Malta. O navio ficou completamente despedaçado, mas nenhuma vida se perdeu.

Enquanto estavam se aquecendo em uma fogueira daquela ilha, Paulo é picado por uma serpente. Mas Deus o livra da morte.

Depois de o Senhor operar uma série de sinais através da vida de Paulo, eles, em um navio novo, seguem viagem e chegam a Roma.

Essa experiência nos mostra que, nenhuma situação, por pior que possa aparentar, é o fim da linha.

O que fazer, então, quando nos encontramos em situações humanamente impossíveis de serem resolvidas?

1- TER A CERTEZA DE QUE NADA ACONTECERÁ EM NOSSAS VIDAS SEM QUE DEUS PERMITA

Lucas 12.22 a 28: “A seguir, dirigiu-se Jesus a seus discípulos, dizendo: Por isso, eu vos advirto: não andeis ansiosos pela vossa vida, quanto ao que haveis de comer, nem pelo vosso corpo, quanto ao que haveis de vestir. Porque a vida é mais do que o alimento, e o corpo, mais do que as vestes. Observai os corvos, os quais não semeiam, nem ceifam, não têm despensa nem celeiros; todavia, Deus os sustenta. Quanto mais valeis do que as aves! Qual de vós, por ansioso que esteja, pode acrescentar um côvado ao curso da sua vida? Se, portanto, nada podeis fazer quanto às coisas mínimas, por que andais ansiosos pelas outras? Observai os lírios; eles não fiam, nem tecem. Eu, contudo, vos afirmo que nem Salomão, em toda a sua glória, se vestiu como qualquer deles. Ora, se Deus veste assim a erva que hoje está no campo e amanhã é lançada no forno, quanto mais tratando-se de vós, homens de pequena fé!”

Não importa o que aconteça conosco, Deus está no controle. Tudo faz parte de um plano maior!

Deus poderia ter livrado Paulo da picada da serpente? Sim, mas aquele ataque foi necessário para que os moradores daquela ilha percebessem quem Paulo era e, claro, para que a glória do Senhor se manifestasse.

2- NÃO ACONTECERÁ EM NOSSAS VIDAS O QUE O INIMIGO QUER OU O QUE AS PESSOAS MÁS DESEJAM

Atos 28.6: “...mas eles esperavam que ele viesse a inchar ou a cair morto de repente. Mas, depois de muito esperar, vendo que nenhum mal lhe sucedia, mudando de parecer, diziam ser ele um deus.”

Paulo havia dito naquela navio que nenhuma vida se perderia e que todos chegariam a Roma, em segurança. Mas aquela picada sinalizou exatamente o contrário.

Por alguns momentos, o colocou em uma situação de vergonha e de descrédito. Mas Deus transformou aquela maldição em bênção. A aparente vergonha foi revertida em dupla honra.

Paulo continuou crendo, pois ele sabia que estava debaixo de uma palavra:

Marcos 16.18: “pegarão em serpentes; e, se alguma coisa mortífera beberem, não lhes fará mal; se impuserem as mãos sobre enfermos, eles ficarão curados.”

3- QUE CHEGOU A HORA DE SACUDIR A SERPENTE, PARA VIVER O FUTURO QUE DEUS DETERMINOU

Provérbios 23.18: “Porque deveras haverá bom futuro; não será frustrada a tua esperança.”

Sempre que estamos dentro do plano divino, haverá um mistério que só o livramento do Senhor revelará.

Os moradores daquela ilha não sabiam quem era Cristo, mas O conheceram através da vida de Paulo. E o fim daquela jornada foi surpreendente:

Atos 28.9 e 10: “À vista deste acontecimento, os demais enfermos da ilha vieram e foram curados, os quais nos distinguiram com muitas honrarias; e, tendo nós de prosseguir viagem, nos puseram a bordo tudo o que era necessário.”

Quando tudo indicar que é o fim, lembre-se de que aqueles que permanecem e perseveram sempre alcançarão a promessa.



Redação

67 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Não coloque limites para o que Deus pode fazer

“Vitória Contra Ameaças” foi o tema dos cultos de Celebração da Família realizados nas igrejas Renascer em Cristo neste domingo (10). No Renascer Hall, pela Rede Gospel de Televisão e via YouTube, a p