Apóstolo Estevam fala sobre o poder da graça de Deus

Atualizado: Mar 19

“O Poder da Graça” foi o tema da Palavra ministrada pelo apóstolo Estevam Hernandes durante a Ceia de Oficiais do mês de março. Ele falou da revelação que o apóstolo Paulo recebeu do Senhor, que veio do Espírito Santo: a revelação da Graça. E que é essa revelação? Que em Cristo temos salvação eterna, não por obras, mas por amor.

“Temos acesso a uma vida espiritual verdadeira como filhos de Deus, mas precisamos descobrir o poder da Graça.

A igreja está vivendo a Graça plena em Cristo, portanto devemos ter consciência para que não sejamos roubados na nossa relação com Deus, afirmou.

“A Graça não é um evangelho da permissividade! A Graça significa que nós recebemos salvação e libertação e temos a opção de servir e caminhar com Deus. Não por imposição humana ou dogmas religiosos. Nossa opção deve ser servir a Deus!”.

A seguir os principais trechos da Palavra ministrada pelo apóstolo:

Vamos falar agora de alguns importantes princípios:

1º) Não podemos ser roubados da revelação da Graça. (João 1.16-17).

A Graça nos é revelada pelo Espírito Santo para nos levar a um relacionamento espiritual com Deus. Veja, Moisés recebeu a lei, mas nós recebemos Graça abundante que nos foi revelada pelo Espírito Santo para nos levar a um relacionamento espiritual com Deus. Existem dois relacionamentos com Deus e são distintos (Mt 5.17-18). Vejam que impressionante essa palavra! Jesus disse que a lei jamais vai acabar! Jesus não veio para desfazer a lei, Ele veio para cumpri-la.

A lei é uma forma de relacionamento com Deus e esse relacionamento é baseado nos mandamentos e obrigações carnais. Neste relacionamento, o acesso não era liberado, mas reservado para alguns! Esse é o ministério da carne (circunscrição). Agora Cristo inaugurou um novo tipo de relacionamento, um relacionamento espiritual, por isso ele diz que é o caminho (João 14.6). Homens espirituais na lei eram os sacerdotes. Nós, pela Graça, nos tornamos homens espirituais, filhos de Deus. A lei tornava as pessoas povo de Deus, mas a Graça nos tornou filhos de Deus!

Paulo diz isso: que em Cristo somos filhos de Deus, sacerdócio santo e temos acesso ao Pai (Rm 10.4). O fim da lei é Cristo, isso significa que temos um novo e vivo caminho, um sacerdócio espiritual. O relacionamento com Deus hoje acontece por meio do sacrifício de Cristo e pelo Espírito Santo, que nos leva a um nível espiritual muito superior ao da lei (Hebreus 9.11-15).

Hoje a Igreja está debaixo da Graça e o caminho espiritual está aberto para todos nós!

2º) Jesus veio para nos livrar do peso e jugo da lei (Mt 11.28-30).

Jesus estava falando sobre ter uma vida de liberdade espiritual, porque a lei impõe sobre o homem o peso da obrigatoriedade e o perdão por obras, mas a Graça traz libertação. Fomos chamados para viver o ministério do espírito no qual há glória sobre nossas vidas e não peso sobre nossos ombros! (2Cor 3.7-9).

3º) Não ser roubados na nossa liberdade (Gálatas 5.1-5).

O inimigo quer que você seja uma pessoa reprimida, que não tenha liberdade! A igreja da Galácia estava assolada pelo poder que os fazia cumprir a lei, eles queriam misturar Graça com Lei. Era uma sutileza demoníaca para que eles perdessem a relação com Deus. Temos que guardar os nossos corações para viver a plenitude da Graça!

Muitas vezes ficamos clamando por avivamento sem saber que estar e viver na Graça é um patamar espiritual que nos leva a viver uma constante ação do Espírito Santo, chama acesa pela presença de Deus. O poder da Graça é a garantia de viver a vida abundante na Terra! O Espírito Santo dirige sua vida e você tem liberdade! O Evangelho é libertação! (João 8.32). Por isso, Paulo nos diz que a Graça nos basta! (2Cor 12.9-10). Não queira entrar na Lei! Porque se você for dirigido pela Lei, você invalida o sacrifício de Cristo.

As discussões carnais não têm nada a ver com a sua vida! Não existem proibições na Graça, mas temos o filtro do Espírito Santo! Mas temos liberdade e para a liberdade é que fomos chamados. Não abra mão deste relacionamento, você não precisa de intermediário para ir até a presença de Deus!

Muitas vezes ficamos orando e pedindo avivamento, só que na Graça a chama já está acessa! Cristo já ascendeu a chama do Espírito Santo, Ele só precisa arder no seu coração.

Seja qual for a luta, a Graça me basta!

1º) Se a Graça me basta, minha vida está resolvida! (Col 2.20-23).