top of page

Construção Espiritual é tema da Ceia

Atualizado: 15 de set. de 2023


Neste sábado (02), durante a Ceia de Oficiais de setembro, o Apóstolo Estevam Hernandes trouxe uma mensagem restauradora, com base no tema: Como Construir Espiritualmente com Qualidade?


Acompanhe, a seguir, o resumo:


Esdras 3.8 a 13 No segundo ano depois que eles voltaram à Casa de Deus, em Jerusalém, no segundo mês, Zorobabel, filho de Sealtiel, e Jesua, filho de Jozadaque, e os seus outros irmãos, sacerdotes e levitas, e todos os que voltaram do cativeiro a Jerusalém puseram mãos à obra e constituíram levitas com mais de vinte anos para supervisionar a reconstrução da Casa do Senhor. Então se apresentaram Jesua com os seus filhos e os seus irmãos, Cadmiel e os seus filhos, os filhos de Judá, para juntamente supervisionarem os que faziam a obra na Casa de Deus, bem como os filhos de Henadade, seus filhos e seus irmãos, os levitas.


Quando os construtores lançaram os alicerces do templo do Senhor, apresentaram-se os sacerdotes, paramentados e com trombetas, e os levitas, filhos de Asafe, com címbalos, para louvarem o Senhor, segundo as instruções deixadas por Davi, rei de Israel. Cantavam responsivamente, louvando e dando graças ao Senhor, com estas palavras: Ele é bom, porque a sua misericórdia dura para sempre sobre Israel. E todo o povo jubilou com altas vozes, louvando o Senhor por terem sido lançados os alicerces da Casa do Senhor.


Porém muitos dos sacerdotes, levitas e chefes de famílias, já idosos, que tinham visto o primeiro templo, choraram em alta voz quando, diante de seus olhos, foram lançados os alicerces deste templo; muitos, no entanto, levantaram as vozes com gritos de alegria. E assim não se podiam distinguir as vozes de alegria das vozes do choro do povo; pois o povo gritava tão alto, que as vozes se ouviam de longe.”


Deus o havia levantado para viver o cumprimento da promessa da construção do novo templo, profetizada em Ageu 2.


No coração de Zorobabel, havia uma alegria muito grande por essa liberação. Para que a obra fosse concretizada, havia um grande desafio pela frente. Mas seria fundamental para o retorno do Shekinah, a Glória de Deus.


Essa construção se assemelha profeticamente à obra redentora de Cristo em nossas vidas.


Mateus 7.24 e 25: — Todo aquele, pois, que ouve estas minhas palavras e as pratica será comparado a um homem prudente que construiu a sua casa sobre a rocha. Caiu a chuva, transbordaram os rios, sopraram os ventos e bateram com força contra aquela casa, e ela não desabou, porque tinha sido construída sobre a rocha.


Esta construção é fundamentada na Pedra Angular, que é Jesus Cristo:


Efésios 2.20 a 22: edificados sobre o fundamento dos apóstolos e profetas, sendo ele mesmo, Cristo Jesus, a pedra angular. Nele, todo o edifício, bem-ajustado, cresce para ser um santuário dedicado ao Senhor. Nele também vocês estão sendo edificados, junto com os outros, para serem morada de Deus no Espírito.


Uma edificação feita debaixo da bênção de Deus, necessita desta sustentação:


1 Pedro 3.4 a 7: mas que ela esteja no ser interior, uma beleza permanente de um espírito manso e tranquilo, que é de grande valor diante de Deus. Pois foi assim também que, no passado, costumavam se enfeitar as santas mulheres que esperavam em Deus, estando cada qual sujeita a seu próprio marido. Foi o que fez Sara, que obedeceu a Abraão, chamando-o de “senhor”, da qual vocês se tornaram filhas, praticando o bem e não temendo perturbação alguma. Maridos, vocês, igualmente, vivam a vida comum do lar com discernimento, dando honra à esposa, por ser a parte mais frágil e por ser coerdeira da mesma graça da vida. Agindo assim, as orações de vocês não serão interrompidas.


Portanto, n’Ele, todo edifício está firmado para permanecer como uma construção de qualidade.


O Apóstolo Paulo traz uma profunda mensagem de reflexão sobre essa obra de construída diariamente com experiências espirituais.


1 Coríntios 3.10 a 17: Segundo a graça de Deus que me foi dada, lancei o fundamento como sábio construtor, e outro edifica sobre ele. Porém cada um veja como edifica. Porque ninguém pode lançar outro fundamento, além do que foi posto, o qual é Jesus Cristo. E, se o que alguém edifica sobre o fundamento é ouro, prata, pedras preciosas, madeira, feno ou palha, a obra de cada um se tornará manifesta, pois o Dia a demonstrará. Porque será revelada pelo fogo, e o fogo provará qual é a obra de cada um. Se aquilo que alguém edificou sobre o fundamento permanecer, esse receberá recompensa. Se a obra de alguém se queimar, esse sofrerá dano. Porém ele mesmo será salvo, mas como que através do fogo. Vocês não sabem que são santuário de Deus e que o Espírito de Deus habita em vocês? Se alguém destruir o santuário de Deus, Deus o destruirá. Porque o santuário de Deus, que são vocês, é sagrado.


O dia sobre o qual Paulo se refere é o fim dos tempos, onde todos nós seremos julgados pelas nossas obras.


Podemos construir com:


1- Madeira: são aqueles que um dia estavam firmados como uma árvore plantada junto ao ribeiro de águas, mas que permaneceram temporariamente pela falta de raízes profundas.


2- Feno: são aqueles que têm como deus o seu próprio ventre e estão focadas somente em questões materiais, que são efêmeras.

Filipenses 3,19: O destino deles é a perdição, o deus deles é o ventre, e a glória deles está naquilo de que deviam se envergonhar, visto que só pensam nas coisas terrenas.


3- Palha: é o resto do trigo. Não possuem mais finalidade. Fazendo uma alusão, a palha representa os cristãos que têm sua vida dominada pelo mundanismo e abandonaram seu chamado.


Mateus 3.12: Ele tem a pá em suas mãos, limpará a sua eira e recolherá o seu trigo no celeiro; porém queimará a palha num fogo que nunca se apaga.


Uma vida fundamenta sobre estes elementos frágeis não resiste às lutas, guerras e perseguições. Não suportam o fogo da provação.

Uma vida edificada sobre a Pedra Angular, que é Cristo, precisa ter:


1- Ouro, que representa a santidade e a pureza

Apocalipse 22.11 a 14: Continue o injusto a fazer injustiça, e continue o imundo a ser imundo. O justo continue na prática da justiça, e o santo continue a santificar-se. — Eis que venho sem demora, e comigo está a recompensa que tenho para dar a cada um segundo as suas obras. Eu sou o Alfa e o Ômega, o Primeiro e o Último, o Princípio e o Fim. Bem-aventurados aqueles que lavam as suas vestes, para que tenham direito à árvore da vida e entrem na cidade pelos portões.


Estamos vivendo um tempo que antecede a volta de Cristo. Precisamos nos voltar a Ele e ter uma vida de santidade.


Hebreus 12.14 e 15: Segui a paz com todos e a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor, atentando, diligentemente, por que ninguém seja faltoso, separando-se da graça de Deus; nem haja alguma raiz de amargura que, brotando, vos perturbe, e, por meio dela, muitos sejam contaminados.


2º Prata, que representa a presença do Espírito Santo e o poder da Palavra

Zacarias 13.9: Farei essa terça parte passar pelo fogo, e a purificarei como se purifica a prata, e a provarei como se prova o ouro. Eles invocarão o meu nome, e eu os atenderei. Direi: ‘Vocês são o meu povo’, e eles responderão: ‘O Senhor é o nosso Deus.’


Provérbios 25.11: Como maçãs de ouro em bandejas de prata, assim é a palavra dita a seu tempo.


Jesus nos deixou o Espírito Santo como consolador, intercessor e guia, mas hoje poucos entendem esse poder disponível que faz com que sejamos diferençados pela unção em nossas vidas.


1 João 2.27: Quanto a vocês, a unção que receberam dele permanece em vocês, e não precisam que alguém os ensine. Mas, como a unção dele os ensina a respeito de todas as coisas, e é verdadeira, e não é falsa, permaneçam nele, como também ela ensinou a vocês.


Com a presença do Espírito Santo atuante em nossas vidas, nossa luz se mantém acessa diante dos homens e manifestamos a Glória de Deus aqui na terra.


3- Pedras preciosas, que representam os dons do espírito


1 Coríntios 12.3 a 11 Por isso, quero que entendam que ninguém que fala pelo Espírito de Deus afirma: “Anátema, Jesus!” Por outro lado, ninguém pode dizer: “Senhor Jesus!”, senão pelo Espírito Santo. Ora, os dons são diversos, mas o Espírito é o mesmo. E também há diversidade nos serviços, mas o Senhor é o mesmo. E há diversidade nas realizações, mas o mesmo Deus é quem opera tudo em todos. A manifestação do Espírito é concedida a cada um visando um fim proveitoso. Porque a um é dada, mediante o Espírito, a palavra da sabedoria; a outro, segundo o mesmo Espírito, a palavra do conhecimento.


A um é dada, no mesmo Espírito, a fé; a outro, no mesmo Espírito, dons de curar; a outro, operações de milagres; a outro, profecia; a outro, discernimento de espíritos. A um é dada a variedade de línguas e a outro, capacidade para interpretá-las. Mas um só e o mesmo Espírito realiza todas essas coisas, distribuindo-as a cada um, individualmente, conforme ele quer.


Cada dom é uma pedra preciosa que Deus coloca em nossas mãos para um fim proveitoso na Obra. São elementos fundamentais para o desenvolvimento de nossa vida espiritual e, consequentemente, da Obra de Deus.


1 Coríntios 12.31: Entretanto, procurem, com zelo, os melhores dons. E eu passo a mostrar-lhes um caminho ainda mais excelente.

Que sejamos edificadores da Obra de Deus, como:


- OURO;

- PRATE;

- PEDRAS PRECIOSAS.


Redação

Fotos: Juan Fernandez

Posts recentes

Ver tudo

Por que jejuar e orar é tão importante?

Lucas 5.34 e 34: "Jesus, porém, lhes disse: Podeis fazer jejuar os convidados para o casamento, enquanto está com eles o noivo? Dias virão, contudo, em que lhes será tirado o noivo; naqueles dias, sim

A unção e sabedoria de Mordecai

A unção Apostólica de Mordecai foi tema da palavra ministrada pelo Apóstolo Estevam Hernandes durante a Ceia de Oficiais da Igreja Renascer em Cristo correspondente ao mês de junho. Acompanhe, a segui

A oferta de Davi e seus ensinamentos

Durante a Ceia de Oficiais de junho, realizada na Renascer Arena, o Apóstolo Estevam Hernandes ministrou a oferta de Davi. Acompenhe o resumo: 2 Samuel 24.24 e 25: Porém o rei disse a Araúna: — Não! E

Comments


bottom of page