top of page

O sentimento de Zorobabel

Atualizado: 10 de abr. de 2023

O sentimento de Zorobabel foi tema da palavra ministrada na Ceia de Oficiais de abril. O evento foi realizado na Renascer Arena.

Acompanhe, a seguir, o resumo da palavra:


Ageu 2.20 a 23: A palavra do Senhor veio pela segunda vez a Ageu, no vigésimo quarto dia do mês, dizendo: — Fale a Zorobabel, o governador de Judá: "Farei tremer o céu e a terra. Derrubarei o trono dos reinos e destruirei a força dos reinos das nações. Destruirei os carros de guerra e os que andam neles; os cavalos morrerão e os seus cavaleiros matarão uns aos outros. Naquele dia, diz o Senhor dos Exércitos, tomarei você, Zorobabel, filho de Salatiel, você que é meu servo, diz o Senhor , e farei de você um anel de selar, porque eu o escolhi", diz o Senhor dos Exércitos.


Zorobabel era um dos exilados na Babilônia. Sendo parente de Davi, foi governador de Judá e escolhido por Deus para ser o reconstrutor do Templo no período de Esdras. Ele foi escolhido justamente pelo seu sentimento e caráter.


Existe uma grande diferença entre emoção e sentimento. Emoções são mecanismos fisiológicos, são reações imediatas. Já o sentimento é interpretação que damos aos estímulos, às situações e às emoções.


Sentimento é algo que transferimos!

Zacarias 4.6 a 10: Ele prosseguiu e me disse: — Esta é a palavra do Senhor a Zorobabel: "Não por força nem por poder, mas pelo meu Espírito", diz o Senhor dos Exércitos. — "Quem é você, ó grande monte? Diante de Zorobabel você será uma planície. Porque ele colocará a pedra de remate do templo, em meio a aclamações: ‘Haja graça e graça para ela!’" Novamente a palavra do Senhor veio a mim, dizendo: — As mãos de Zorobabel lançaram os alicerces deste templo, e as mãos dele vão terminar a construção, para que vocês saibam que o Senhor dos Exércitos é quem me enviou a vocês. Pois quem despreza o dia dos humildes começos, esse ficará alegre ao ver o prumo nas mãos de Zorobabel. Aqueles sete olhos são os olhos do Senhor , que percorrem toda a terra.


Em Zorobabel, podemos encontrar o mesmo sentimento que há em Cristo. É isso o que devemos buscar todos os dias.


Filipenses 2.5: Tenham entre vocês o mesmo modo de pensar de Cristo Jesus.


A essência que Deus encontrou em Zorobabel é o que o Espirito Santo precisa encontrar em nós, porque fomos chamados para ser impulsionadores dos planos do Senhor aqui na terra.


Hoje, Satanás tem roubado essa essência e tem transformado o sentimento das pessoas, para que elas se movam contrariamente à obra de Deus. É uma oposição espiritual que tem ferido e atrasado os propósitos do Senhor, fazendo com que muitos valores e áreas permaneçam em ruínas.

E como ele faz isso?


#1 PELOS SENTIMENTOS SATÂNICOS DA BUSCA PELOS PRÓPRIOS INTERESSES (EGOÍSMO E GANÂNCIA)


Judas 1.10, 11, 12, 13 e 16: Esses, porém, quanto a tudo o que não entendem, difamam; e, quanto a tudo o que compreendem por instinto natural, como animais irracionais, até nessas coisas se corrompem. Ai deles! Porque seguiram o mesmo caminho de Caim e, movidos por ganância, caíram no erro de Balaão, e foram destruídos na revolta de Corá. Esses são como rochas submersas nas festas de fraternidade que vocês fazem, banqueteando-se com vocês sem qualquer receio. São pastores que apascentam a si mesmos; são nuvens sem água impelidas pelos ventos; são árvores que, em plena estação dos frutos, continuam sem frutos, duplamente mortas e arrancadas pela raiz; são ondas bravias do mar, que espumam as suas próprias sujeiras; são estrelas sem rumo, para as quais está reservada a mais profunda escuridão, para sempre. Esses tais são murmuradores, pessoas descontentes que andam segundo as suas paixões. A sua boca vive falando grandes arrogâncias; adulam os outros por motivos interesseiros.


Temos observado o cumprimento da palavra de Judas, porque esse sentimento age de maneira cíclica e sutil. Tudo começa com a insatisfação, depois vem a murmuração, depois vem o julgamento, depois vem a rebeldia e, depois, vem a oposição.


Judas 1.8: Do mesmo modo também esses, quais sonhadores, contaminam a carne, rejeitam a autoridade e insultam os gloriosos seres celestiais.


Pessoas assim roubam aqueles que poderiam ser grandes potenciais para a obra de Deus.

#2 PELO ESPIRITO DE DIVISÃO DE SATANÁS


Mateus 12.25: Mas Jesus, sabendo o que eles pensavam, disse-lhes: — Todo reino dividido contra si mesmo ficará deserto, e toda cidade ou casa dividida contra si mesma não subsistirá.


A divisão é o enfraquecimento do Corpo e o roubo da essência do chamado e vocação dos ungidos.


#3 A OPOSIÇÃO QUE VEM DO ESPÍRITO DA INVEJA


Gálatas 5.25 e 26: Se vivemos no Espírito, andemos também no Espírito.

Não nos deixemos possuir de vanglória, provocando uns aos outros, tendo inveja uns dos outros.


Por causa da inveja, Caim matou Abel. Por causa da inveja, os filisteus entulharam os poços de Isaque.


Ao observamos essa realidade espiritual, precisamos nos levantar para destruir essas fortalezas e nos limpar.


Precisamos ter consciência de que cada um tem uma missão aqui na terra. Não pode haver comparações ou competição. No Reino de Deus, não existe essa de que um precisa perder para o outro ganhar.


Deus quer que nos levantemos como verdadeiros adoradores e para vivermos uma grande revolução espiritual, que se chama avivamento.


De que maneira?

#1 PELO DESPERTAR DO ESPÍRITO


Esdras 1.5: Então se levantaram os chefes de famílias de Judá e de Benjamim, os sacerdotes e os levitas e todos aqueles cujo espírito Deus despertou, para subirem a edificar a Casa do Senhor, em Jerusalém.


Deus despertou a Ciro, Zorobabel, as famílias, os sacerdotes e os levitas como se tivessem sido batizados pelo Espírito Santo, para que pudessem ter o poder realizador do Senhor em suas vidas.


Quando acontece este despertar, saímos da zona de conforto e superamos obstáculos e oposições.


#2 DEUS MOVE OS CÉUS, ABALA AS ESTRUTURAS E TRAZ AS RIQUEZAS DAS NAÇÕES EM TEMPO RECORDE


Ageu 2.4 a 9: Mas agora o Senhor diz: Seja forte, Zorobabel! Seja forte, Josué, filho de Jozadaque, o sumo sacerdote! E vocês, todo o povo da terra, sejam fortes, diz o Senhor , e trabalhem, porque eu estou com vocês, diz o Senhor dos Exércitos.

Segundo a aliança que fiz com vocês, quando saíram do Egito, o meu Espírito habita no meio de vocês. Não tenham medo. — Pois assim diz o Senhor dos Exércitos: Daqui a pouco, mais uma vez eu farei tremer o céu, a terra, o mar e a terra seca. Farei tremer todas as nações, e serão trazidas as coisas preciosas de todas as nações, e encherei este templo de glória, diz o Senhor dos Exércitos. Minha é a prata, meu é o ouro, diz o Senhor dos Exércitos. A glória deste novo templo será maior do que a do primeiro, diz o Senhor dos Exércitos; e neste lugar darei a paz, diz o Senhor dos Exércitos.


Para cada propósito, Deus tem uma provisão!


Neemias, Zacarias, Ageu e Esdras foram movidos pelo poder do Espírito, para que o povo viesse um tempo de reconstrução, prosperidade e realização.


#3 UM GRANDE AVIVAMENTO COM O DERRAMAR DE UM ÓLEO DOURADO SOBRE OS UNGIDOS


Zacarias 4.1 a 5 e 11 a 14: O anjo que falava comigo voltou e me despertou, como se desperta alguém do sono. Ele me perguntou: — O que você está vendo? Respondi: — Vejo um candelabro todo de ouro e um vaso de azeite em cima com as suas sete lâmpadas e sete tubos, um para cada uma das lâmpadas que estão em cima do candelabro. Junto ao candelabro vejo duas oliveiras, uma à direita do vaso de azeite, e a outra à sua esquerda. Então perguntei ao anjo que falava comigo: — Meu senhor, o que é isto? O anjo que falava comigo disse: — Você não sabe o que é isto? Respondi: — Não, meu senhor.


O anjo que falava comigo voltou e me despertou, como se desperta alguém do sono. Ele me perguntou: — O que você está vendo? Respondi: — Vejo um candelabro todo de ouro e um vaso de azeite em cima com as suas sete lâmpadas e sete tubos, um para cada uma das lâmpadas que estão em cima do candelabro. Junto ao candelabro vejo duas oliveiras, uma à direita do vaso de azeite, e a outra à sua esquerda. Então perguntei ao anjo que falava comigo: — Meu senhor, o que é isto? O anjo que falava comigo disse: — Você não sabe o que é isto? Respondi: — Não, meu senhor. Então perguntei ao anjo: — O que são as duas oliveiras à direita e à esquerda do candelabro? E acrescentei uma segunda pergunta: — O que são aqueles dois ramos de oliveira que estão junto aos dois tubos de ouro, que vertem azeite dourado? Ele me respondeu: — Você não sabe o que é isto? Eu respondi: — Não, meu senhor. Então ele disse: — São os dois ungidos, que estão a serviço do Senhor de toda a terra.


Na visão, temos o derramar do óleo dourado com sete lâmpadas, sete tubos e duas oliveiras.


As duas oliveiras representam as colunas da Igreja, o óleo dourado é a unção superior que Deus derrama sobre a Igreja e os candelabros são os ungidos, que através da unção, geram o avivamento que antecede a volta de Cristo.



Redação

Fotos: Juan Fernandez

Posts recentes

Ver tudo

Por que jejuar e orar é tão importante?

Lucas 5.34 e 34: "Jesus, porém, lhes disse: Podeis fazer jejuar os convidados para o casamento, enquanto está com eles o noivo? Dias virão, contudo, em que lhes será tirado o noivo; naqueles dias, sim

O novo nascimento do batismo

Romanos 10.9: “Se, com a tua boca, confessares Jesus como Senhor e, em teu coração, creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos, serás salvo.” Marcos 16.16: “Quem crer e for batizado será salvo, po

A história de Mordecai e seus ensinamentos

Mordecai é um personagem importante no Livro de Ester, no Antigo Testamento da Bíblia. Ele era um judeu exilado em Susã, capital do Império Persa, e era primo e tutor de Ester, uma jovem judia que se

Comments


bottom of page