top of page

“A unção de Cristo foi derramada sobre a Igreja Apostólica!”

Atualizado: 25 de fev. de 2022


Uma multidão se reuniu no Ginásio da Portuguesa para a Conferência Apostólica Internacional .

Durante o evento, o Apóstolo Estevam Hernandes falou sobre a manifestação da unção de Cristo na Igreja Apostólica.


Acompanhe, a seguir, alguns trechos da ministração:


Atos 10.38: “... como Deus ungiu a Jesus de Nazaré com o Espírito Santo e com poder, o qual andou por toda parte, fazendo o bem e curando a todos os oprimidos do diabo, porque Deus era com ele...”


A unção é a capacitação sobrenatural de Deus em nossas vidas.


A Bíblia dos mostra diversas unções, mas a de Cristo é a principal, e esta unção está derramada sobre a Igreja. Através dela, há a manifestação de sinais, prodígios e maravilhas e passamos a ocupar um patamar superior no mundo espiritual.


Efésios 1.20: “...o qual exerceu ele em Cristo, ressuscitando-o dentre os mortos e fazendo-o sentar à sua direita nos lugares celestiais...”


Quando Jesus foi crucificado, os soldados romanos tiraram Sua túnica e rasgaram Suas vestes em quatro partes e a dividiram entre si.


João 19.23: “Os soldados, pois, quando crucificaram Jesus, tomaram-lhe as vestes e fizeram quatro partes, para cada soldado uma parte; e pegaram também a túnica. A túnica, porém, era sem costura, toda tecida de alto a baixo.”


Há um detalhe muito importante nesta história que muitos deixam passar despercebido. As vestes de Jesus foram rasgadas, mas a túnica d’Ele permaneceu intacta.


A unção é uma manifestação física, como se fosse uma energia. Podemos concluir que aquelas vestes estavam impregnadas da unção de Cristo.


A túnica intacta nos mostra que, quando não há divisão, a Igreja se torna indestrutível.


O manto de Cristo sobre nós traz a manifestação plena da unção d’Ele.

Essa unção:


1- Abre os céus para o nascimento de um poderoso ministério apostólico


Atos 6.8,10 e 15: “Estêvão, cheio de graça e poder, fazia prodígios e grandes sinais entre o povo. E não podiam resistir à sabedoria e ao Espírito, pelo qual ele falava. Todos os que estavam assentados no Sinédrio, fitando os olhos em Estêvão, viram o seu rosto como se fosse rosto de anjo.”


Atos 7.55 a 60: “Mas Estêvão, cheio do Espírito Santo, fitou os olhos no céu e viu a glória de Deus e Jesus, que estava à sua direita, e disse: Eis que vejo os céus abertos e o Filho do Homem, em pé à destra de Deus. Eles, porém, clamando em alta voz, taparam os ouvidos e, unânimes, arremeteram contra ele. E, lançando-o fora da cidade, o apedrejaram. As testemunhas deixaram suas vestes aos pés de um jovem chamado Saulo. E apedrejavam Estêvão, que invocava e dizia: Senhor Jesus, recebe o meu espírito! Então, ajoelhando-se, clamou em alta voz: Senhor, não lhes imputes este pecado! Com estas palavras, adormeceu.”


2- Transfere a monarquia espiritual de Cristo para a Igreja


1 Pedro 2.9: “Vós, porém, sois raça eleita, sacerdócio real, nação santa, povo de propriedade exclusiva de Deus, a fim de proclamardes as virtudes daquele que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz.”


Romanos 8.17: “Ora, se somos filhos, somos também herdeiros, herdeiros de Deus e coerdeiros com Cristo; se com ele sofremos, também com ele seremos glorificados.”

3- Nos faz carregar a capa da primogenitura de Cristo


Colossenses 1.15 a 18: “Este é a imagem do Deus invisível, o primogênito de toda a criação; pois, nele, foram criadas todas as coisas, nos céus e sobre a terra, as visíveis e as invisíveis, sejam tronos, sejam soberanias, quer principados, quer potestades. Tudo foi criado por meio dele e para ele. Ele é antes de todas as coisas. Nele, tudo subsiste. Ele é a cabeça do corpo, da igreja. Ele é o princípio, o primogênito de entre os mortos, para em todas as coisas ter a primazia.”


Hebreus 12.23: “e igreja dos primogênitos arrolados nos céus, e a Deus, o Juiz de todos, e aos espíritos dos justos aperfeiçoados...”


João 14.12: “Em verdade, em verdade vos digo que aquele que crê em mim fará também as obras que eu faço e outras maiores fará, porque eu vou para junto do Pai.”


Para recebermos a unção de Cristo, precisamos nos esvaziar de tudo aquilo que nos afasta de Deus.


Números 11.17: “Então, descerei e ali falarei contigo; tirarei do Espírito que está sobre ti e o porei sobre eles; e contigo levarão a carga do povo, para que não a leves tu somente.”


E para finalizar:

1- Assim como Estevão, veremos os céus abertos


Romanos 11.33: “Ó profundidade da riqueza, tanto da sabedoria como do conhecimento de Deus! Quão insondáveis são os seus juízos, e quão inescrutáveis, os seus caminhos!”


3- Assim como Paulo, nossos olhos serão abertos


Atos 9.18: “Imediatamente, lhe caíram dos olhos como que umas escamas, e tornou a ver. A seguir, levantou-se e foi batizado.”


3- Assim como Eliseu, receberemos a unção dobrada


2 Reis 2.2 e 12 a 14: “Disse Elias a Eliseu: Fica-te aqui, porque o Senhor me enviou a Betel. Respondeu Eliseu: Tão certo como vive o Senhor e vive a tua alma, não te deixarei. E, assim, desceram a Betel. O que vendo Eliseu, clamou: Meu pai, meu pai, carros de Israel e seus cavaleiros! E nunca mais o viu; e, tomando as suas vestes, rasgou-as em duas partes. Então, levantou o manto que Elias lhe deixara cair e, voltando-se, pôs-se à borda do Jordão. Tomou o manto que Elias lhe deixara cair, feriu as águas e disse: Onde está o Senhor , Deus de Elias? Quando feriu ele as águas, elas se dividiram para um e outro lado, e Eliseu passou.”


Acompanhe, no vídeo abaixo, o culto na íntegra:


Redação

Fotos: @pedro.flausino @filmsbylion @r.castineiras @giuldeko

Posts recentes

Ver tudo

Por que jejuar e orar é tão importante?

Lucas 5.34 e 34: "Jesus, porém, lhes disse: Podeis fazer jejuar os convidados para o casamento, enquanto está com eles o noivo? Dias virão, contudo, em que lhes será tirado o noivo; naqueles dias, sim

O novo nascimento através das águas do batismo

Romanos 10.9: “Se, com a tua boca, confessares Jesus como Senhor e, em teu coração, creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos, serás salvo.” Marcos 16.16: “Quem crer e for batizado será salvo, po

A história de Mordecai e seus ensinamentos

Mordecai é um personagem importante no Livro de Ester, no Antigo Testamento da Bíblia. Ele era um judeu exilado em Susã, capital do Império Persa, e era primo e tutor de Ester, uma jovem judia que se

Comments


bottom of page