Conheça a trajetória do Apóstolo Paulo

Atualizado: Abr 28


Paulo, apesar de ser judeu, nasceu em Tarso, tendo cidadania romana. Sua primeira aparição na Bíblia foi relatada em Atos 7, durante o apedrejamento de Estêvão.

Foi batizado como “Saulo”, possivelmente em homenagem ao rei Saul, que era da Tribo de Benjamim como ele.

Paulo e sua família não viviam como os gentios, pelo contrário ele se classificava como “hebreu de hebreus”, criado em Jerusalém, “aos pés de Gamaliel”, o mais ilustre rabino de sua época.

Na juventude, mudou-se para Jerusalém, muito provavelmente, com sua irmã. Ali, ligou-se às tradições judaicas, vendo no cristianismo uma grande ameaça. Por isso, tornou-se um dos maiores perseguidores da Igreja.

Seu processo de conversão começou, quando Cristo, através de uma luz, revelou-se a ele, durante sua viagem rumo a Damasco.

A experiência transformadora é relatada no texto bíblico abaixo:

Atos 9.3 a 20: “Seguindo ele estrada fora, ao aproximar-se de Damasco, subitamente uma luz do céu brilhou ao seu redor, e, caindo por terra, ouviu uma voz que lhe dizia: Saulo, Saulo, por que me persegues? Ele perguntou: Quem és tu, Senhor? E a resposta foi: Eu sou Jesus, a quem tu persegues; mas levanta-te e entra na cidade, onde te dirão o que te convém fazer.

Os seus companheiros de viagem pararam emudecidos, ouvindo a voz, não vendo, contudo, ninguém. Então, se levantou Saulo da terra e, abrindo os olhos, nada podia ver. E, guiando-o pela mão, levaram-no para Damasco. Esteve três dias sem ver, durante os quais nada comeu, nem bebeu. Ora, havia em Damasco um discípulo chamado Ananias. Disse-lhe o Senhor numa visão: Ananias! Ao que respondeu: Eis-me aqui, Senhor!

Então, o Senhor lhe ordenou: Dispõe-te, e vai à rua que se chama Direita, e, na casa de Judas, procura por Saulo, apelidado de Tarso; pois ele está orando e viu entrar um homem, chamado Ananias, e impor-lhe as mãos, para que recuperasse a vista. Ananias, porém, respondeu: Senhor, de muitos tenho ouvido a respeito desse homem, quantos males tem feito aos teus santos em Jerusalém; e para aqui trouxe autorização dos principais sacerdotes para prender a todos os que invocam o teu nome.

Mas o Senhor lhe disse: Vai, porque este é para mim um instrumento escolhido para levar o meu nome perante os gentios e reis, bem como perante os filhos de Israel; pois eu lhe mostrarei quanto lhe importa sofrer pelo meu nome. Então, Ananias foi e, entrando na casa, impôs sobre ele as mãos, dizendo: Saulo, irmão, o Senhor me enviou, a saber, o próprio Jesus que te apareceu no caminho por onde vinhas, para que recuperes a vista e fiques cheio do Espírito Santo. Imediatamente, lhe caíram dos olhos como que umas escamas, e tornou a ver. A seguir, levantou-se e foi batizado. E, depois de ter-se alimentado, sentiu-se fortalecido. Então, permaneceu em Damasco alguns dias com os discípulos. E logo pregava, nas sinagogas, a Jesus, afirmando que este é o Filho de Deus.”

Após ser batizado, passou a trabalhar exaustivamente, evangelizando os gentios, fundando e fundamentando igrejas.

Foi o apóstolo que mais formou discípulos e cooperadores do evangelho, tais como: Timóteo, Tito, Onésimo, Lucas, Áquila e Priscila. Escreveu quase metade do Novo Testamento, incluindo 13 cartas.

Ao final de sua terceira viagem, foi preso em Jerusalém e deportado para Roma, onde ficou preso por dois anos.

Tudo indica que Paulo foi solto e empreendeu uma quarta viagem missionária, sendo preso pela segunda vez e levado a Roma para ser martirizado.

Embora os romanos se considerassem os melhores soldados, foi Paulo que, combateu o bom combate, encerrou a carreira e guardou a fé, cumprindo fielmente seu ministério até o fim.

Para se aprofundar mais...

Acompanhe, a seguir, uma série de vídeos que detalham a trajetória do apóstolo Paulo:



Redação

397 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

"As situações não podem mais definir o seu futuro!"

Em 10 de julho, aconteceu o Encontro Mensal de Mulheres Mais que Vencedoras (+QV), o ministério feminino da Igreja Renascer em Cristo. O tema foi “Autorresponsabilidade” Com transmissão ao vivo do Ren

Poder do amor é tema da ministração da Ceia de julho

Em 1ª Coríntios 13.1-13, o apóstolo Paulo nos fala de uma arma espiritual poderosa que muitas vezes não é usada pela igreja: o poder do amor. Este foi o tema da ministração do apóstolo Estevam Hernand

Apóstolo Estevam ministra a oferta da semeadura

Durante a Ceia de Oficiais de julho, o apóstolo Estevam Hernandes ministrou a oferta da semeadura, baseada no texto que está em 2º Coríntios 9.5-14. “O apóstolo Paulo nos fala sobre a necessidade de d