"A dupla honra é o cumprimento do ciclo perfeito de Deus!"

Nesta quinta-feira (06), a Igreja Renascer em Cristo iniciou o Jejum da Justiça de Deus. O culto celebrado na Sede Renascer Hall foi transmitido para todo o país, por meio da Rede Gospel de Televisão e da Rádio Gospel FM, e para os quatro cantos do mundo, no canal oficial da igreja no YouTube.

Depois do louvor do Renascer Praise, Apóstolo Estevam Hernandes trouxe uma palavra restauradora e edificante, com base no texto bíblico de Isaías 61.7 a 9, que diz:“Em lugar da vossa vergonha, tereis dupla honra; em lugar da afronta, exultareis na vossa herança; por isso, na vossa terra possuireis o dobro e tereis perpétua alegria. Porque eu, o SENHOR, amo o juízo e odeio a iniquidade do roubo; dar-lhes-ei fielmente a sua recompensa e com eles farei aliança eterna. A sua posteridade será conhecida entre as nações, os seus descendentes, no meio dos povos; todos quantos os virem os reconhecerão como família bendita do SENHOR.”


Acompanhe, a seguir, os principais trechos da ministração: Estamos debaixo de uma forte e poderosa palavra que demonstra o quão é ilimitada a fidelidade do Senhor. Salmos 119.75 e 76: “Bem sei, ó SENHOR, que os teus juízos são justos e que com fidelidade me afligiste. Venha, pois, a tua bondade consolar-me, segundo a palavra que deste ao teu servo.” Até mesmo na aflição, ela se manifesta em nossas vidas! Tudo o que Ele permite que aconteça em nossas vidas possui um propósito superior. Jó 1.22: “Em tudo isto Jó não pecou, nem atribuiu a Deus falta alguma.” Precisamos mudar nossas perspectivas e ter a leitura correta dos fatos. O propósito nunca será a derrota, mas a dupla honra! Para alcançarmos essa condição:

1- Precisamos suportar espiritualmente as provações Tiago 1.12: “Bem-aventurado o homem que suporta, com perseverança, a provação; porque, depois de ter sido aprovado, receberá a coroa da vida, a qual o Senhor prometeu aos que o amam.” Bem-aventurado é aquele que sofre provações! Davi descobriu este caminho, e foi aprovado! Salmos 119.71: “Foi-me bom ter eu passado pela aflição, para que aprendesse os teus decretos.” Deserto é uma passagem, não o nosso destino! 2- Precisamos aprender a viver o tempo de Deus, não o nosso! Eclesiastes 3.1: “Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo propósito debaixo do céu...” Tudo tem o seu tempo certo debaixo de um propósito. Nosso grande erro é não saber esperar! A vida é feita de ciclos! Salmos 40.1: “Esperei confiantemente pelo SENHOR; ele se inclinou para mim e me ouviu quando clamei por socorro.”

3- Perseverar até viver a dupla honra! Jó 42.2,10 a 17: “Bem sei que tudo podes, e nenhum dos teus planos pode ser frustrado. Mudou o SENHOR a sorte de Jó, quando este orava pelos seus amigos; e o SENHOR deu-lhe o dobro de tudo o que antes possuíra. Então, vieram a ele todos os seus irmãos, e todas as suas irmãs, e todos quantos dantes o conheceram, e comeram com ele em sua casa, e se condoeram dele, e o consolaram de todo o mal que o SENHOR lhe havia enviado; cada um lhe deu dinheiro e um anel de ouro. Assim, abençoou o SENHOR o último estado de Jó mais do que o primeiro; porque veio a ter catorze mil ovelhas, seis mil camelos, mil juntas de bois e mil jumentas. Também teve outros sete filhos e três filhas. Chamou o nome da primeira Jemima, o da outra, Quezia, e o da terceira, Quéren-Hapuque. Em toda aquela terra não se acharam mulheres tão formosas como as filhas de Jó; e seu pai lhes deu herança entre seus irmãos. Depois disto, viveu Jó cento e quarenta anos; e viu a seus filhos e aos filhos de seus filhos, até à quarta geração. Então, morreu Jó, velho e farto de dias.” A dupla honra é o cumprimento do ciclo perfeito de Deus! É viver restauração, restituição e a glória da segunda casa! Estamos debaixo desta promessa, e vamos vivê-la, em nome de Jesus!

Redação

1,189 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

"As situações não podem mais definir o seu futuro!"

Em 10 de julho, aconteceu o Encontro Mensal de Mulheres Mais que Vencedoras (+QV), o ministério feminino da Igreja Renascer em Cristo. O tema foi “Autorresponsabilidade” Com transmissão ao vivo do Ren

Poder do amor é tema da ministração da Ceia de julho

Em 1ª Coríntios 13.1-13, o apóstolo Paulo nos fala de uma arma espiritual poderosa que muitas vezes não é usada pela igreja: o poder do amor. Este foi o tema da ministração do apóstolo Estevam Hernand

Apóstolo Estevam ministra a oferta da semeadura

Durante a Ceia de Oficiais de julho, o apóstolo Estevam Hernandes ministrou a oferta da semeadura, baseada no texto que está em 2º Coríntios 9.5-14. “O apóstolo Paulo nos fala sobre a necessidade de d