"Ser inabalável é crer e confiar mesmo sem entender!"

Atualizado: Abr 26


O Encontro Internacional das Mais que Vencedoras (+QV), ministério feminino da Igreja Renascer em Cristo, foi um verdadeiro divisor de águas.

Com o tema “Ser Inabalável”, o evento foi 100% online e dividido em três períodos – manhã, tarde e noite. Foi uma verdadeira imersão.

A programação foi marcada por sorteios, vídeos inspiradores, atividades interativas, testemunhos, louvores, orações e um vídeo produzido pela Praise Cia. De Dança.

Milhares de mulheres de diversas partes do país e de outras nações acompanharam as mensagens renovadoras das bispas Sonia e Fernanda Hernandes, pela Rede Gospel de Televisão e via YouTube e Facebook.

Acompanhe, a seguir, os principais pontos mnistrados pela Bispa Fernanda, no segundo período do Encontro:

SER INABALÁVEL É CRER MESMO SEM ENTENDER!

Entre o Antigo e o Novo Testamento, houve um silêncio profético de 400 anos. Mas havia pessoas que continuavam crendo em Deus e na Palavra d´Ele... Maria era uma delas.

Era uma jovem que estava se preparando para casar. Mas o Senhor tinha uma missão especial para ela: gerar o Filho dEle:

Lucas 1.26 a 33: “No sexto mês, foi o anjo Gabriel enviado, da parte de Deus, para uma cidade da Galileia, chamada Nazaré, a uma virgem desposada com certo homem da casa de Davi, cujo nome era José; a virgem chamava-se Maria. E, entrando o anjo aonde ela estava, disse: Alegra-te, muito favorecida! O Senhor é contigo. Ela, porém, ao ouvir esta palavra, perturbou-se muito e pôs-se a pensar no que significaria esta saudação. Mas o anjo lhe disse: Maria, não temas; porque achaste graça diante de Deus.Eis que conceberás e darás à luz um filho, a quem chamarás pelo nome de Jesus. Este será grande e será chamado Filho do Altíssimo; Deus, o Senhor, lhe dará o trono de Davi, seu pai; ele reinará para sempre sobre a casa de Jacó, e o seu reinado não terá fim.”

Qual foi o único questionamento dela?

Lucas 1.34: “Como será isto, pois não tenho relação com homem algum?”

E aquele anjo respondeu:

Lucas 1.35: “Respondeu-lhe o anjo: Descerá sobre ti o Espírito Santo, e o poder do Altíssimo te envolverá com a sua sombra; por isso, também o ente santo que há de nascer será chamado Filho de Deus.”

E reforçou:

Lucas 1.37: “Porque para Deus não haverá impossíveis em todas as suas promessas.”

Ela, então, creu e se dispôs a cumprir aquela missão:

Lucas 1.38: “Aqui está a serva do Senhor; que se cumpra em mim conforme a tua palavra. E o anjo se ausentou dela.”

Sabe o que a história dela nos ensina? Que ser inabalável é crer mesmo quando Deus está em silêncio, pois a tendência é diante do que classificamos como a “ausência do Senhor” é buscarmos respostas fora.

O silêncio não significa que Deus não tenha um plano. Antes mesmo de o homem cair, Ele já tinha um plano de salvação para nós e, este plano se cumpriu através de uma simples mulher!

Sabe o que significa Maria? Soberana! Era assim que o Senhor a enxergava.

Muitas vezes, quando Deus nos chama para entrar no plano d´Ele, precisamos sair do nosso.

Sabe o que eu aprendi? Que ser inabalável, muitas vezes, é ser flexível.

Por exemplo, no Japão, os prédios possuem uma estrutura muito resistente para suportar os terremotos, mas, ao mesmo tempo, “maleável”, por meio de um sistema de molas.

Maria e José tinham uma programação a seguir. O casamento não foi cancelado, mas seguiu um novo cronograma.

Foi uma missão muito difícil, mas nenhum obstáculo os fez desistir.

Com certeza, Maria teve medo. Mas a alegria de gerar o Salvador era muito maior!

Para sermos inabaláveis:

1- PRECISAMOS CRER INCONDICIONALMENTE EM DEUS

Ser inabalável é crer mesmo sem entender!

Lucas 1.45: “Bem-aventurada a que creu, porque serão cumpridas as palavras que lhe foram ditas da parte do Senhor.”

2- PRECISAMOS ACEITAR E CUMPRIR NOSSO CHAMADO

Qual é o nosso chamado? Gerar Jesus todos os dias!

Maria poderia ter se negado, pois tinha outras prioridades. Mas isso nem passou pela cabeça dela!

Maria apenas queria saber como seria, e Deus mostrou que os dois “ingredientes” fundamentais ela já tinha: a presença do Espírito Santo e o poder de Deus.

Existem sete poderes que Deus nos deu que nos tornemos inabaláveis:

1- DE SER FILHAS DE DEUS!

João 1.12: “Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, a saber, aos que creem no seu nome...”

2- DE RESISTIR E EXPULSAR FORÇAS DO MAL!

Lucas 9.1: “Tendo Jesus convocado os doze, deu-lhes poder e autoridade sobre todos os demônios, e para efetuarem curas.”

O que isso significa? Que este vício não é maior do que o poder que há em você!

3- DE DIZER “NÃO” PARA O MUNDO E DIZER “SIM” PARA O PLANO DE DEUS

Não importa o que você precisou renunciar para viver o plano de Deus... O que Ele tem para você é infinitamente melhor.

4- DE CARREGAR PROMESSAS

José ainda não estava pronto, pois, ao saber que Maria estava grávida, pensou em fugir. Mas um anjo enviado por Deus o conscientizou, e ele escolheu permanecer:

Mateus 1.19 a 24: “Mas José, seu esposo, sendo justo e não a querendo infamar, resolveu deixá-la secretamente. Enquanto ponderava nestas coisas, eis que lhe apareceu, em sonho, um anjo do Senhor, dizendo: José, filho de Davi, não temas receber Maria, tua mulher, porque o que nela foi gerado é do Espírito Santo. Ela dará à luz um filho e lhe porás o nome de Jesus, porque ele salvará o seu povo dos pecados deles. Ora, tudo isto aconteceu para que se cumprisse o que fora dito pelo Senhor por intermédio do profeta: Eis que a virgem conceberá e dará à luz um filho, e ele será chamado pelo nome de Emanuel (que quer dizer: Deus conosco). Despertado José do sono, fez como lhe ordenara o anjo do Senhor e recebeu sua mulher.”

Além do marido, Maria buscou em uma amiga de fé, Isabel, que também estava grávida de uma promessa de Deus – João Batista, aquele que anunciaria a vinda de Jesus:

Lucas 1.39 a 43: “Naqueles dias, dispondo-se Maria, foi apressadamente à região montanhosa, a uma cidade de Judá, entrou na casa de Zacarias e saudou Isabel. Ouvindo esta a saudação de Maria, a criança lhe estremeceu no ventre; então, Isabel ficou possuída do Espírito Santo. E exclamou em alta voz: Bendita és tu entre as mulheres, e bendito o fruto do teu ventre! E de onde me provém que me venha visitar a mãe do meu Senhor?”

5- DE PRESERVAR PROMESSAS

E como isso? Nos renovando todos os dias na Palavra de Deus:

Salmos 126: “Quando o Senhor restaurou a sorte de Sião, ficamos como quem sonha. Então, a nossa boca se encheu de riso, e a nossa língua, de júbilo; então, entre as nações se dizia: Grandes coisas o Senhor tem feito por eles. Com efeito, grandes coisas fez o Senhor por nós; por isso, estamos alegres. Restaura, Senhor, a nossa sorte, como as torrentes no Neguebe. Os que com lágrimas semeiam com júbilo ceifarão. Quem sai andando e chorando, enquanto semeia, voltará com júbilo, trazendo os seus feixes.”

Entre a promessa e o cumprimento dela, há um tempo de preparação!

6- DE MUDAR TUDO O QUE FOR NECESSÁRIO PARA RECEBER A PROMESSA

E como isso?

Romanos 12.2: “E não vos conformeis com este século, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.”

O nascimento de Jesus precisou ocorrer naquela estrebaria. Não era confortável, mas era seguro! Aquele nascimento não precisou ocorrer em um lugar especial para ser especial! Havia um coral de anjos, reis e suprimento!

Não importa onde você está, mas que Deus continua com você!

As circunstâncias não mudam quem você é e o que o Senhor tem para você.

7- DE ENTREGAR A PROMESSA QUANDO DEUS PEDIR

Atos 1.14: “Todos estes perseveravam unânimes em oração, com as mulheres, com Maria, mãe de Jesus, e com os irmãos dele.”

Maria não sofreu aquela “perda”, pois não gerou para ela, mas para Deus.

Eu sou inabalável quando eu coloco aos pés da cruz o que o Senhor pede e o quando eu crucifico o que não pode mais fazer parte da minha vida!


Redação

78 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

"As situações não podem mais definir o seu futuro!"

Em 10 de julho, aconteceu o Encontro Mensal de Mulheres Mais que Vencedoras (+QV), o ministério feminino da Igreja Renascer em Cristo. O tema foi “Autorresponsabilidade” Com transmissão ao vivo do Ren

Poder do amor é tema da ministração da Ceia de julho

Em 1ª Coríntios 13.1-13, o apóstolo Paulo nos fala de uma arma espiritual poderosa que muitas vezes não é usada pela igreja: o poder do amor. Este foi o tema da ministração do apóstolo Estevam Hernand

Apóstolo Estevam ministra a oferta da semeadura

Durante a Ceia de Oficiais de julho, o apóstolo Estevam Hernandes ministrou a oferta da semeadura, baseada no texto que está em 2º Coríntios 9.5-14. “O apóstolo Paulo nos fala sobre a necessidade de d