1 ano de Deep: Confira tudo o que rolou no culto

Atualizado: Ago 24

Em comemoração a um ano Deep, o O2 Renascer realizou um culto especial na noite deste sábado (22), com uma palavra impactante do Apóstolo Estevam Hernandes e uma apresentação equipe do Zoe Dance.


Para que todos participem desta celebração, a reunião foi transmitida, via YouTube, diretamente do Renascer Hall – que, seguindo as normas municipais recebeu 40% de sua capacidade de público.

Acompanhe, a seguir, o resumo da ministração:


Tema: O Deus desconhecido

Atos 17.16 a 33: “Enquanto Paulo os esperava em Atenas, o seu espírito se revoltava em face da idolatria dominante na cidade. Por isso, dissertava na sinagoga entre os judeus e os gentios piedosos; também na praça, todos os dias, entre os que se encontravam ali. E alguns dos filósofos epicureus e estoicos contendiam com ele, havendo quem perguntasse: Que quer dizer esse tagarela? E outros: Parece pregador de estranhos deuses; pois pregava a Jesus e a ressurreição.


Então, tomando-o consigo, o levaram ao Areópago, dizendo: Poderemos saber que nova doutrina é essa que ensinas? Posto que nos trazes aos ouvidos coisas estranhas, queremos saber o que vem a ser isso. Pois todos os de Atenas e os estrangeiros residentes de outra coisa não cuidavam senão dizer ou ouvir as últimas novidades. Então, Paulo, levantando-se no meio do Areópago, disse: Senhores atenienses! Em tudo vos vejo acentuadamente religiosos; porque, passando e observando os objetos de vosso culto, encontrei também um altar no qual está inscrito: Ao Deus Desconhecido. Pois esse que adorais sem conhecer é precisamente aquele que eu vos anuncio.


O Deus que fez o mundo e tudo o que nele existe, sendo ele Senhor do céu e da terra, não habita em santuários feitos por mãos humanas. Nem é servido por mãos humanas, como se de alguma coisa precisasse; pois ele mesmo é quem a todos dá vida, respiração e tudo mais; de um só fez toda a raça humana para habitar sobre toda a face da terra, havendo fixado os tempos previamente estabelecidos e os limites da sua habitação; para buscarem a Deus se, porventura, tateando, o possam achar, bem que não está longe de cada um de nós; pois nele vivemos, e nos movemos, e existimos, como alguns dos vossos poetas têm dito: Porque dele também somos geração.

Sendo, pois, geração de Deus, não devemos pensar que a divindade é semelhante ao ouro, à prata ou à pedra, trabalhados pela arte e imaginação do homem. Ora, não levou Deus em conta os tempos da ignorância; agora, porém, notifica aos homens que todos, em toda parte, se arrependam; porquanto estabeleceu um dia em que há de julgar o mundo com justiça, por meio de um varão que destinou e acreditou diante de todos, ressuscitando-o dentre os mortos. Quando ouviram falar de ressurreição de mortos, uns escarneceram, e outros disseram: A respeito disso te ouviremos noutra ocasião. A essa altura, Paulo se retirou do meio deles.”

Êxodo 20.3 a 6: “Não terás outros deuses diante de mim. Não farás para ti imagem de escultura, nem semelhança alguma do que há em cima nos céus, nem embaixo na terra, nem nas águas debaixo da terra. Não as adorarás, nem lhes darás culto; porque eu sou o Senhor, teu Deus, Deus zeloso, que visito a iniquidade dos pais nos filhos até à terceira e quarta geração daqueles que me aborrecem e faço misericórdia até mil gerações daqueles que me amam e guardam os meus mandamentos.”


Andando por Atenas, Paulo ficou indignado com a idolatria daquele local. Só naquela cidade, havia milhares de estátuas de deuses diferentes. Mas não se deixou intimidar por isso. Continuou sua missão de levar a palavra transformadora do evangelho.


Durante sua estada, ele foi muito criticado e questionado por grupos de filósofos. Entre os “seus opositores”, havia epicureus, que, por não acreditarem na eternidade, incentivavam todas as práticas carnais. Havia também os estoicos, que pregavam o humanismo, ou seja, o homem era o centro de tudo. Era extremamente egoístas e prepotentes.


Paulo, então, adota uma estratégia para que Jesus Cristo fosse revelado para eles: “Senhores atenienses! Em tudo vos vejo acentuadamente religiosos; porque, passando e observando os objetos de vosso culto, encontrei também um altar no qual está inscrito: Ao Deus Desconhecido. Pois esse que adorais sem conhecer é precisamente aquele que eu vos anuncio...”


Colossenses 1.16 e 17: “... pois, nele, foram criadas todas as coisas, nos céus e sobre a terra, as visíveis e as invisíveis, sejam tronos, sejam soberanias, quer principados, quer potestades. Tudo foi criado por meio dele e para ele. Ele é antes de todas as coisas. Nele, tudo subsiste.”


Paulo encerra sua jornada em Atenas com a edificação de uma igreja e escrevendo uma carta aos Tessalonicenses.

Com base em tudo isso, precisamos:


1. EM MEIO A TODAS AS LINHAS E CORRENTES QUE HOJE TRAZEM O ESPÍRITO DE CONFUSÃO, PRECISAMOS CONHECER AO SENHOR


Oséias 4.6 e 3: “O meu povo está sendo destruído, porque lhe falta o conhecimento. Porque tu, sacerdote, rejeitaste o conhecimento, também eu te rejeitarei, para que não sejas sacerdote diante de mim; visto que te esqueceste da lei do teu Deus, também eu me esquecerei de teus filhos. Conheçamos e prossigamos em conhecer ao Senhor; como a alva, a sua vinda é certa; e ele descerá sobre nós como a chuva, como chuva serôdia que rega a terra.”

2. CRIAR NO CORAÇÃO UM ALTAR DE INTIMIDADE EM MEIO ÀS VOZES QUE QUEREM NOS AFASTAR DO EMANUEL – DEUS CONOSCO

João 15.14 e 15: “Vós sois meus amigos, se fazeis o que eu vos mando. Já não vos chamo servos, porque o servo não sabe o que faz o seu senhor; mas tenho-vos chamado amigos, porque tudo quanto ouvi de meu Pai vos tenho dado a conhecer.”


Gênesis 5.24: “Andou Enoque com Deus e já não era, porque Deus o tomou para si.”


3. VER O DEUS QUE ATÉ ENTÃO ERA DESCONHECIDO PARA NÓS


Jó 42.1 a 6: “Então, respondeu Jó ao Senhor: Bem sei que tudo podes, e nenhum dos teus planos pode ser frustrado. Quem é aquele, como disseste, que sem conhecimento encobre o conselho? Na verdade, falei do que não entendia; coisas maravilhosas demais para mim, coisas que eu não conhecia. Escuta-me, pois, havias dito, e eu falarei; eu te perguntarei, e tu me ensinarás. Eu te conhecia só de ouvir, mas agora os meus olhos te veem. Por isso, me abomino e me arrependo no pó e na cinza.”


Vamos conhecer o Senhor como o Deus que Jó conheceu: aquele que guarda, livra, restaura, consola, prospera e restitui.

Que Ele deixe de ser uma informação para ser uma realidade na sua vida!


Jó 42.5: “Antes eu te conhecia de ouvir falar, mas agora meus olhos te veem...”


Acompanhe, no vídeo abaixo, o culto na íntegra:

Sobre o Deep

As reuniões do Ministério de Jovens da Igreja Renascer em Cristo receberam este nome, pois o principal objetivo é que os participantes desenvolvam um relacionamento profundo com Deus.


“‘Deep’, em tradução livre, significa ‘profundo’. Nós queremos que Jesus entre no mais profundo de nossos corações. Os maiores tesouros não estão na superfície, mas no fundo do mar. Os maiores tesouros que podemos encontrar em Deus – paz, sabedoria, amor e esperança – só podemos ter acesso se desenvolvermos um relacionamento profundo com Ele”, afirmou o Apóstolo Estevam.


“Acima de tudo, o nosso principal objetivo é resgatar os perdidos, através do amor de Cristo. Esta é a nossa essência! Além do acompanhamento pastoral, temos feito um forte trabalho evangelístico e social”, acrescentou ele.


As reuniões ocorrem aos sábados – exceto no primeiro do mês, em virtude da Ceia de Oficiais – a partir das 19h30, nos polos definidos pelo O2.

Redação

21 visualizações
  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram

Central de Endereços

Para saber qual a igreja mais próxima clique aqui!

Assessoria de Imprensa

imprensa@renascer.org.br

© 2020 | Produzido por agência VB Creations  | Todos os direitos reservados.