Poder da Guerra Espiritual é tema da Ceia setembro


Durante a Ceia de Oficiais de setembro, realizada na Renascer Arena, o Apóstolo Estevam Hernandes falou sobre guerra espiritual.


Acompanhe, a seguir, o resumo da ministração:


Efésios 6.10 a 20: “Quanto ao mais, sejam fortalecidos no Senhor e na força do seu poder. Vistam-se com toda a armadura de Deus, para poderem ficar firmes contra as ciladas do diabo. Porque a nossa luta não é contra o sangue e a carne, mas contra os principados e as potestades, contra os dominadores deste mundo tenebroso, contra as forças espirituais do mal, nas regiões celestiais.


Por isso, peguem toda a armadura de Deus, para que vocês possam resistir no dia mau e, depois de terem vencido tudo, permanecer inabaláveis. Portanto, fiquem firmes, cingindo-se com a verdade e vestindo a couraça da justiça. Tenham os pés calçados com a preparação do evangelho da paz, segurando sempre o escudo da fé, com o qual poderão apagar todos os dardos inflamados do Maligno.


Usem também o capacete da salvação e a espada do Espírito, que é a palavra de Deus. Orem em todo tempo no Espírito, com todo tipo de oração e súplica, e para isto vigiem com toda perseverança e súplica por todos os santos. E orem também por mim, para que, no abrir da minha boca, me seja dada a palavra, para com ousadia tornar conhecido o mistério do evangelho, pelo qual sou embaixador em cadeias, para que, em Cristo, eu seja ousado para falar, como me cumpre fazer.”


Satanás quer nos levar a acreditar que nossa vida não tem mais sentido. Como? Tirando a nossa alegria.


Preste atenção na oração que Davi fez:


Salmos 51.12: “Restaura em mim a alegria de tua salvação e torna-me disposto a te obedecer.”

Dentro de nós há uma guerra... Para o espírito prevalecer sobre a carne, precisamos desenvolvê-lo.


Tiago 4.1: “De onde procedem guerras e contendas que há entre vós? De onde, senão dos prazeres que militam na vossa carne?”


Gálatas 5.17: “Porque a carne luta contra o Espírito, e o Espírito luta contra a carne, porque são opostos entre si, para que vocês não façam o que querem.”


Em Efésios 6, Paulo fala também fala sobre guerra, mas em um nível estratégico, onde somente podemos interferir espiritualmente.


Essa guerra é contra principados, potestades e dominadores que operam nas regiões celestiais. Ou seja, é uma batalha a ser combatida em três níveis. Veja abaixo:


1- PRINCIPADOS:


Tem poder sobre nações e dominam o sentimento coletivo.


2- POTESTADES:


Atuam em determinados seguimentos da sociedade para afetar a nossa mentalidade.


3- DOMINADORES:


Atuam no corpo, alma espírito com domínio pleno da individualidade do ser humano. É a falta de domínio próprio.


E como combatê-los? Com armas espirituais!

Como?


1- NOS REVESTINDO DA ARMADURA DE DEUS


É aquela que nos protege exteriormente de todos as setas inflamadas do inimigo.


É estarmos em todos os lugares envoltos pelo Espírito Santo.


2- VESTINDO A COURAÇA DA JUSTIÇA


É desta maneira que nos protegemos de todas as injustiças deste mundo, pois nossas vidas estão no controle de Deus.


3- CALÇANDO OS PÉS NO EVANGELHO


Lembre-se de que o conhecimento da Palavra de Deus nos dá uma base forte.


4- EMBRAÇANDO O ESCUDO DA FÉ


Que nos protege e nos faz avançar.


Efésios 2.8: “Porque pela graça sois salvos, mediante a fé; e isto não vem de vós; é dom de Deus...”


5- COLOCANDO O CAPACETE DA SALVAÇÃO


João 3.16: “Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.”


O seu nome está escrito no Livro da Vida! Nada pode tirar a sua salvação!


6- USANDO A ESPADA QUE É A PALAVRA


Ela tem poder para desfazer todas as sentenças malignas.


7- COM ORAÇÃO, SÚPLICA E JEJUM


Quanto mais oração, mais foça e mais poder!


Quanto mais oração, mais perto ficamos de Deus.


Por isso:


1 Tessalonicenses 5.16: “Orai sem cessar.”


Lembre-se de que:


Tiago 5.16: “... Muito pode, por sua eficácia, a súplica do justo.”


Quando nos revestimos espiritualmente com as armas que Ele nos deixou, podemos ir à guerra com a certeza de que a vitória será nossa.

Agora, quando desprezamos esses princípios, estamos a um passo da derrota, como:


1- CAIM, QUE FOI DERROTADO PELO ESPÍRITO DA INVEJA


Gênesis 4.8 a 11: “Caim disse a Abel, seu irmão: — Vamos ao campo. Estando eles no campo, Caim se levantou contra Abel, o seu irmão, e o matou. O Senhor disse a Caim: — Onde está Abel, o seu irmão? Ele respondeu: — Não sei; por acaso sou o guardador do meu irmão? E o Senhor disse: — O que foi que você fez? A voz do sangue do seu irmão clama da terra a mim. E agora você é maldito sobre a terra, cuja boca se abriu para receber da sua mão o sangue do seu irmão.”


Por ter se deixado dominar pela inveja, Caim se tornou o primeiro homicida na história da humanidade.


2- NOÉ, QUE FOI DERROTADO PELO ESPÍRITO DE VÍCIO


Gênesis 9.21 a 23: “Bebendo do vinho, embriagou-se e ficou nu dentro de sua tenda. Cam, pai de Canaã, vendo a nudez do pai, foi contar isso aos seus dois irmãos, que estavam do lado de fora. Então Sem e Jafé pegaram uma capa, puseram-na sobre os seus próprios ombros e, andando de costas e com os rostos desviados, cobriram a nudez do pai, sem que a vissem.”


A consequência foi uma divisão na casa de Noé, que também amaldiçoou o povo de um de seus filhos, pois foi exposto por ele.


Gênesis 9.25: “Então disse: Maldito seja Canaã; seja servo dos servos para os seus irmãos.”


3- SANSÃO, QUE FOI DERROTADO PELO ESPÍRITO DE PROSTITUIÇÃO


Juízes 16.1 a 4: “Sansão foi a Gaza, viu ali uma prostituta e teve relações com ela. Foi dito aos gazitas: — Sansão chegou aqui. Eles cercaram o local e ficaram a noite toda esperando por ele, às escondidas, no portão da cidade. Ficaram em silêncio durante toda a noite, pois diziam: — Vamos esperar até o raiar do dia. Então nós o matamos. Porém Sansão ficou deitado somente até a meia-noite. Então se levantou, pegou ambas as folhas do portão da cidade e as arrancou juntamente com os seus batentes e a tranca. Pôs tudo sobre os ombros e levou ao alto do monte que está em frente de Hebrom. Depois disto, Sansão se apaixonou por uma mulher do vale de Soreque, a qual se chamava Dalila.”


Em vez de resistir, entregou-se ao espírito de prostituição e, por causa disso, não viveu os planos que Deus tinha para ele.


4- JUDAS, QUE FOI DOMINADO PELO ESPÍRITO DE TRAIÇÃO


Mateus 26.14 e 15: “Então um dos doze, chamado Judas Iscariotes, foi falar com os principais sacerdotes. Ele disse: — Quanto me darão para que eu o entregue a vocês? E pagaram-lhe trinta moedas de prata.”


O mesmo sentimento que havia em Satanás entrou no coração de Judas. Em vez de resistir, ele se entregou a isso!


Guarde isso:


Todos nós temos poder de escolha:


Ou nós guerreamos contra o mal ou nós nos entregamos a ele!


Guarde isso também:


As portas do inferno não prevalecem contra a Igreja!


Jesus Cristo nos deu poder e autoridade!


Atos 1.8: “Contudo, recebereis poder quando o Espírito Santo descer sobre vós, e sereis minhas testemunhas, tanto em Jerusalém, como em toda a Judeia e Samaria, e até os confins da terra!”


Pela unção que está em nossas vidas, Deus trará à existência o que não existe:

1- COMO DANIEL, QUE MOVEU AS REGIÕES CELESTIAIS


Daniel 10.2 e 3: “Naqueles dias, eu, Daniel, pranteei durante três semanas. Manjar desejável não comi, nem carne, nem vinho entraram na minha boca, nem me ungi com óleo algum, até que passaram as três semanas inteiras.”


Daniel jejuou e orou por 21 dias e, assim, moveu o mundo espiritual e recebeu revelações espirituais profundas.


Daniel 10.13: “Mas o príncipe do reino da Pérsia me resistiu por vinte e um dias; porém Miguel, um dos primeiros príncipes, veio para ajudar-me, e eu obtive vitória sobre os reis da Pérsia.”