Esquenta O2 Farm: Nas mãos certas, os improváveis dão certo!

A próxima edição do O2 Farm – o Acampamento Renascer de Carnaval – tem data marcada. Será do dia 21 a 25 de fevereiro, na Fazenda Renascer, situada em Mairinque (SP). Serão quatro dias de diversão e experiências profundas com Deus. 📷 Durante o evento, haverá atrações musicais, festas, gincanas, competições esportivas e ministrações impactantes.


Além disso, os acampantes terão acesso às áreas de lazer da fazenda, que incluem quatro piscinas, salão de jogos, um campo de futebol, um haras e uma quadra de voleibol. As inscrições estão disponíveis nas igrejas Renascer em Cristo e no Gospel Bay.


Relembre, a seguir, uma das palavras que impactaram a última edição do O2 Farm:


Tema: O improvável deu certo!

Ao longo da ministração, o Bispo Daniel Tenuta relembrou alguns dos milagres realizados por Jesus Cristo e mostrou a jornada ministerial de Pedro, que de um simples pescador tornou-se um grande apóstolo.


“O nosso filme é uma grande aventura que nos levará ao final feliz, desde que sigamos à risca o roteiro que Deus escreveu”, afirmou ele.


Acompanhe, a seguir, os principais trechos:


Jesus apareceu aos discípulos em um momento muito difícil para eles (Lucas 5.1 a 11). O objetivo do Senhor é nos tirar da condição de vergonha para que sejamos grandes líderes.


Pedro estava cumprindo sua rotina, quando Jesus surge e pede para entrar em seu barco. Com a força do vento, a voz d'Ele chegou àquela multidão que O seguia.


No final da ministração, Ele chama Pedro (Simão) e dá uma direção: “Vá para o fundo e lance as redes!”. Mas Pedro estava completamente desaminado, pois seria mais um dia em que ele voltaria para sua casa com as redes vazias.


Jesus era um carpinteiro, como Ele teria propriedade para instruí-lo? Mas Pedro tomou a melhor decisão: “Eu trabalhei à madrugada toda, mas vou crer em Sua palavra!”. Ele agiu conforme Jesus falou, apesar de suas baixas expectativas.


De repente, algo surpreendente aconteceu: as redes se encheram de peixes, a ponto de elas quase romperam. Pedro e seus companheiros estavam despreparados para aquela experiência. Eles não tinham estrutura.


O quanto estamos preparados para que os planos de Deus se cumpram em nossas vidas?


Na sequência, Jesus o chamou para uma incrível jornada, assim como Ele está te chamando. Por isso, prepare-se! Desenvolva-se, estude, busque conhecer mais da Palavra de Deus, repare as brechas. Precisamos ter consciência de que o que não vencemos hoje, amanhã vai nos derrotar. Nessa trajetória transformadora, precisamos tirar do nosso caminho tudo o que pode nos derrubar.


A reação de Pedro diante daquela experiência foi totalmente carnal, pois não se sentia digno. Mas ali estava a manifestação da graça: não somos merecedores, mas, mesmo assim, Ele não desiste de nós. Pelo contrário, Ele quer que a gente se desenvolva.


Pedro nunca imaginaria que, depois de um tempo, estaria pregando para milhares de pessoas. Se nós pensarmos como o Espírito Santo pensa, saberemos que Deus tem uma grande obra para realizar em nós e através de nós.

Para ocuparmos a posição de liderança:


- Precisamos ser conduzidos pelo Espírito Santo.


Depois de serem chamados, aqueles pescadores começaram a seguir Jesus Cristo e a imitá-lo. Mas o Senhor tinha muito mais para eles. Ele queria transformar aqueles admiradores em filhos de Deus (João 1.12).


- Precisamos matar nossa natureza terrena (Colossenses 3.5).


O nosso erro é só querer atender nossas necessidades, em vez de andarmos em soberania. Perdemos grandes oportunidades porque deixamos nossas emoções nos controlarem.


Certo dia, enquanto Jesus estava ministrando, houve uma grande crise (João 6.30 a 35). Não havia alimento o suficiente para o povo. Mas Jesus disse para eles: “Resolvam. Usem os recursos que você têm!”.


Deus nos criou para sermos proativos, realizadores, criativos, conquistadores e para sermos peças-chave.


Matematicamente, não havia solução para aquela crise. Eles só tinham dois peixes e cinco pães. Mas Jesus Cristo realizou um grande milagre. Ele, então, divide a multidão em grupos e distribui os alimentos que multiplicou. Foi uma grande festa.


Observando a reação do povo, o discurso de Jesus mudou. Ele deixou claro que Sua missão não era satisfazer as necessidades deles, mas que os sustentaria espiritualmente, para uma jornada vitoriosa. O que aconteceu? A multidão se dispersou. Jesus, então, disse aos discípulos: “Vocês não vão com eles?”. Mas a reação de Pedro, apesar de emocional, foi certeira: “Para onde iremos nós se só Tu tens palavras de vida eterna!”.


Admiradores agem de acordo com sua conveniência, mas os filhos permanecem até o fim! As nossas decisões definem quem nós somos e para onde iremos.


- Precisamos receber o envio e segui-lo.


Certo dia, enquanto os discípulos estavam seguindo viagem, foram surpreendidos por uma grande tempestade, e o desespero tomou conta daquele ambiente.


De repente, no meio daquela loucura, aparece Jesus Cristo andando sobre as águas (Mateus 18.22 a 36). O desespero aumentou, porque acharam que era um fantasma. Pedro, então, disse: “Jesus, se és Tu, manda-me ir ao teu encontro por sobre as águas!”.


Pedro, no começo, conseguiu se equilibrar, mas, depois que tirou os olhos de Jesus, começou a afundar. É isso que ocorre quando olhamos para as circunstâncias, em vez de olharmos para a solução.


Jesus, então, socorre Pedro e afirma: “Homem de pequena fé!”. Precisamos sempre nos lembrar do que aconteceu conosco. Não podemos mais nos deixar levar pela ansiedade, porque Deus está no controle.

-Precisamos nos libertar das reações insensatas.


Somos pessoas boas, mas erramos por falta de sabedoria.


Certo dia, em Banias, Jesus chama seus discípulos e diz: “Quem vocês pensam que Eu sou?”. E Pedro responde: “Tu és o Cristo, o Filho de Deus!”. Ali, então, Ele estabelece Sua igreja (Mateus 16.13 a 19).


Enquanto estamos no espírito e conectados com a igreja, nossas reações sempre serão boas.


Na última Ceia, Jesus disse que um dos seus discípulos o trairia e que Ele seria crucificado e destacou Seu plano de salvação para a humanidade. Pedro, então, teve uma reação insensata: “Estou pronto para ir contigo para a prisão e para a morte!”. Jesus, então, o repreende (Lucas 22).


Ele disse também Pedro: “Eu, porém, roguei por ti, para que a tua fé não desfaleça; tu, pois, quando te converteres, fortalece os teus irmãos.”. Pedro, mesmo com boas intenções, em muitos momentos, era precipitado. Isso ocorre quando agimos de acordo com nossa velha criatura.


Precisamos ser como Paulo, que disse, em Filipenses 3.13: “Esquecendo-me das coisas que para trás ficam e avançando para as que diante de mim estão.”.


Precisamos ter entendimento e sabedoria para não nos perdemos. Não podemos nem nos entregar à depressão e nem à ansiedade. Quem é depressivo sempre enxerga as situações da pior maneira possível. Quem é ansioso acaba se frustando por conta de suas altas expectativas.


- Precisamos nos entregar ao amor de Deus e cumprir nosso chamado.


Depois de ressuscitar, Jesus perguntou para Pedro três vezes: “Tu me amas?”. E depois da resposta disse: “Então, apascente minhas ovelhas!” (João 21.14 a 17).


Ali, uma grande revolução começou.


Jesus nos amou antes de qualquer pessoa nos amar.


Nas mãos certas, os improváveis dão certo! Por isso, entregue-se sem reservas!


Serviço:

O2 Farm

Data: 21 a 25 de fevereiro de 2020

Local: Fazenda Renascer


Redação Renascer

0 visualização
  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram

Central de Endereços

Para saber qual a igreja mais próxima clique aqui!

© 2020 | Produzido por agência VB Creations  | Todos os direitos reservados.