"Em meio às incertezas, faça da Palavra o seu caminho!"

Nesta quinta-feira (22), a Igreja Renascer em Cristo encerrou o Jejum que Traz à Existência. Os cultos foram realizados em todas as sedes do ministério, em três horários: 10, 18 e 20 horas, com 60% de sua capacidade de público; uso obrigatório de máscara; álcool gel disponível; distanciamento social e restrição ao grupo de risco.

No período da noite, com transmissão ao vivo para todo o país, pela Rede Gospel de Televisão e via YouTube, a palavra foi ministrada pelo Apóstolo Estevam Hernandes. Acompanhe, a seguir o resumo:


João 21.1 a 11: “Depois disto, tornou Jesus a manifestar-se aos discípulos junto do mar de Tiberíades; e foi assim que ele se manifestou: estavam juntos Simão Pedro, Tomé, chamado Dídimo, Natanael, que era de Caná da Galileia, os filhos de Zebedeu e mais dois dos seus discípulos. Disse-lhes Simão Pedro: Vou pescar. Disseram-lhe os outros: Também nós vamos contigo. Saíram, e entraram no barco, e, naquela noite, nada apanharam. Mas, ao clarear da madrugada, estava Jesus na praia; todavia, os discípulos não reconheceram que era ele. Perguntou-lhes Jesus: Filhos, tendes aí alguma coisa de comer? Responderam-lhe: Não. Então, lhes disse: Lançai a rede à direita do barco e achareis. Assim fizeram e já não podiam puxar a rede, tão grande era a quantidade de peixes. Aquele discípulo a quem Jesus amava disse a Pedro: É o Senhor! Simão Pedro, ouvindo que era o Senhor, cingiu-se com sua veste, porque se havia despido, e lançou-se ao mar; mas os outros discípulos vieram no barquinho puxando a rede com os peixes; porque não estavam distantes da terra senão quase duzentos côvados. Ao saltarem em terra, viram ali umas brasas e, em cima, peixes; e havia também pão. Disse-lhes Jesus: Trazei alguns dos peixes que acabastes de apanhar. Simão Pedro entrou no barco e arrastou a rede para a terra, cheia de cento e cinquenta e três grandes peixes; e, não obstante serem tantos, a rede não se rompeu.” Um fato sobrenatural acontece no Mar da Galileia. Jesus aparece aos seus discípulos em momento de muitas incertezas e também de grande pressão sobre eles, que eram pescadores hábeis. Em meio a uma noite de trabalho frustrada, Pedro toma a melhor decisão: seguir a direção de Cristo. A pescaria não era a especialidade profissional de Jesus. Mas Pedro sabia que, debaixo da palavra d’Ele, o milagre poderia acontecer. Cristo trouxe à existência o que não existia. Naquele mar, aparentemente, já não havia peixes... De repente, segundo a Palavra de Jesus, a rede fica cheia... Mas há um detalhe: ela não se rompeu, pois as obras do Senhor são completas. Em meio a essa experiência, a alguns pontos importantes a destacar:

1- Em vez de fugir para o nosso local de origem, precisamos voltar ao primeiro amor Apocalipse 2.4: “Tenho, porém, contra ti que abandonaste o teu primeiro amor.” Pedro estava completamente decepcionado. Para fugir daquela situação de extrema pressão, em vez de permanecer em Jerusalém, como Jesus o havia orientado, ele volta para Galileia, ou seja, o seu lugar de origem. Aquele era infelizmente mais um fracasso acumulado por Pedro... Sim, era um retrocesso... Precisamos ter consciência de que só podemos viver o que o Senhor tem para nós quando estamos no centro da vontade d’Ele. 2- Vencer as noites difíceis Isaías 43.1 a 3: “Mas agora, assim diz o Senhor, que te criou, ó Jacó, e que te formou, ó Israel: Não temas, porque eu te remi; chamei-te pelo teu nome, tu és meu. Quando passares pelas águas, eu serei contigo; quando, pelos rios, eles não te submergirão; quando passares pelo fogo, não te queimarás, nem a chama arderá em ti. Porque eu sou o Senhor, teu Deus, o Santo de Israel, o teu Salvador; dei o Egito por teu resgate e a Etiópia e Sebá, por ti.” Uma fase difícil não pode nos definir. Nenhuma situação, por mais difícil que seja, é o fim da linha. Por isso, em meio às tempestades, faça do Senhor o seu refúgio e esconderijo! 3- Estar aberto para viver o milagre Em meio a tantas vozes, Pedro escolheu ouvir a de Cristo! Com toda certeza, eles já haviam lançado a rede naquele mesmo local que Jesus havia direcionado. Mas o que trouxe aquele milagre à existência foi a Palavra. Romanos 4.17: “... como está escrito: Por pai de muitas nações te constituí.), perante aquele no qual creu, o Deus que vivifica os mortos e chama à existência as coisas que não existem.” Deus nos fará viver milagres onde tentamos e não conseguimos! Eram 153 grandes peixes, ou seja, 153 grandes motivos para nunca mais duvidarmos!

Redação

26 visualizações
  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram

Central de Endereços

Para saber qual a igreja mais próxima clique aqui!

Assessoria de Imprensa

imprensa@renascer.org.br

© 2020 | Produzido por agência VB Creations  | Todos os direitos reservados.