"As experiências invalidam as evidências!"

Nesta terça-feira (11), aconteceu nas igrejas Renascer em Cristo o Culto de Batalha Espiritual, com a ministração do 2º dia da campanha “7 Semanas para Alçar Voos Altos como a Águia”. Acompanhe, a seguir, o resumo:

Tema: Posicionamento


2 Crônicas 20.17 a 20: “Neste encontro, não tereis de pelejar; tomai posição, ficai parados e vede o salvamento que o Senhor vos dará, ó Judá e Jerusalém. Não temais, nem vos assusteis; amanhã, saí-lhes ao encontro, porque o Senhor é convosco. Então, Josafá se prostrou com o rosto em terra; e todo o Judá e os moradores de Jerusalém também se prostraram perante o Senhor e o adoraram. Dispuseram-se os levitas, dos filhos dos coatitas e dos coreítas, para louvarem o Senhor, Deus de Israel, em voz alta, sobremaneira. Pela manhã cedo, se levantaram e saíram ao deserto de Tecoa; ao saírem eles, pôs-se Josafá em pé e disse: Ouvi-me, ó Judá e vós, moradores de Jerusalém! Crede no Senhor, vosso Deus, e estareis seguros; crede nos seus profetas e prosperareis. “


As águias possuem diversas características interessantes que é importante destacarmos:


- Eles estimulam a autonomia dos filhotes, dificultando o acesso à alimentação...


- Para ensiná-los a voar, eles desconstroem o ninho...


Deixam o ambiente menos confortável e com menos espaço, para os filhotinhos entenderem que chegou o momento de eles saírem...  Se eles não tomam a iniciativa, os pais os empurram... Mas, desistir? Jamais!


- As águias não esperam uma oportunidade, elas fazem acontecer...


São posicionadas!


Temos quer ter consciência de que cada vez que nos posicionamos:

1- Saímos da zona de conforto


A passagem de 2 Crônicas 20.17 a 20 descreve um momento muito crítico. Aquela tomada de posicionamento ocorreu totalmente pela fé porque, humanamente falando, eles não teriam condições para enfrentar aquele inimigo. Mas o Senhor estava sob controle!


2 Crônicas 20.1 a 5: “Depois disto, os filhos de Moabe e os filhos de Amom, com alguns dos meunitas, vieram à peleja contra Josafá. Então, vieram alguns que avisaram a Josafá, dizendo: Grande multidão vem contra ti dalém do mar e da Síria; eis que já estão em Hazazom-Tamar, que é En-Gedi. Então, Josafá teve medo e se pôs a buscar ao Senhor; e apregoou jejum em todo o Judá.


Judá se congregou para pedir socorro ao Senhor; também de todas as cidades de Judá veio gente para buscar ao Senhor. Pôs-se Josafá em pé, na congregação de Judá e de Jerusalém, na Casa do Senhor, diante do pátio novo, 6. e disse: Ah! Senhor, Deus de nossos pais, porventura, não és tu Deus nos céus? Não és tu que dominas sobre todos os reinos dos povos? Na tua mão, está a força e o poder, e não há quem te possa resistir.”


Sair da zona de conforto, muitas vezes, significa:


- Deixar as justificativas e focar na solução;


- Ter domínio sobre o medo justificado;


- Romper limites e sair da condição de derrota.


Josué 1.9: “Não to mandei eu? Sê forte e corajoso; não temas, nem te espantes, porque o Senhor, teu Deus, é contigo por onde quer que andares.”


2- Sacrifícios serão necessários


Precisamos mortificar nossa carne. Como? Sendo cheios do Espírito Santo!


Filipenses 2.5 a 8: “Tende em vós o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus, pois ele, subsistindo em forma de Deus, não julgou como usurpação o ser igual a Deus; antes, a si mesmo se esvaziou, assumindo a forma de servo, tornando-se em semelhança de homens; e, reconhecido em figura humana, a si mesmo se humilhou, tornando-se obediente até à morte e morte de cruz.”


Filipenses 3.17 a 21: “Irmãos, sede imitadores meus e observai os que andam segundo o modelo que tendes em nós. Pois muitos andam entre nós, dos quais, repetidas vezes, eu vos dizia e, agora, vos digo, até chorando, que são inimigos da cruz de Cristo. O destino deles é a perdição, o deus deles é o ventre, e a glória deles está na sua infâmia, visto que só se preocupam com as coisas terrenas. Pois a nossa pátria está nos céus, de onde também aguardamos o Salvador, o Senhor Jesus Cristo, o qual transformará o nosso corpo de humilhação, para ser igual ao corpo da sua glória, segundo a eficácia do poder que ele tem de até subordinar a si todas as coisas.”


Precisamos:


1- Abandonar as justificativas e andar de acordo com a direção do Senhor;

2- Ter consciência de que as experiências invalidam as evidências;


Ande de acordo com o que você alcançou em Deus!


3- Perseverar.


Eles venceram aquela guerra no mundo espiritual... Em vez de se lamentarem, começaram a adorar a Deus!


Foque nas coisas do alto, o seu socorro vem de lá.


Relembre a ministração do primeiro dia da campanha:


Redação

30 visualizações

Posts recentes

Ver tudo
  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram

Central de Endereços

Para saber qual a igreja mais próxima clique aqui!

Assessoria de Imprensa

imprensa@renascer.org.br

© 2020 | Produzido por agência VB Creations  | Todos os direitos reservados.