2 conselhos para um casamento bem-sucedido

Atualizado: Abr 14



A quarentena está acabando com o seu relacionamento? Está difícil manter o diálogo, a boa convivência nesses dias isolamento? A preocupação com a crise financeira está afastando vocês dois? A organização da casa e a educação dos filhos também têm trazido muitas discórdias?


Se você respondeu “sim” para pelo menos uma dessas perguntas, participe da Semana do Casamento mais que Vencedor.


São cinco dias com lives diárias no YouTube – de 13 a 17 de abril –, a partir das 16h, com o Apóstolo Estevam e Bispa Sonia Hernandes, idealizadores do ministério Casais +QV e casados há 42 anos.


Você pode acompanhar cada passo desta jornada transformadora nos canais:


youtube.com/apostoloestevam


youtube.com/bispasonia

Na primeira etapa, eles dividiram dois segredos para um casamento bem-sucedido. Acompanhe a seguir:


1º Serem dois em uma só carne!


Gênesis 2.24: “Por essa razão, o homem deixará pai e mãe e se unirá à sua mulher, e eles se tornarão uma só carne.”


Provérbios 30.18 e 19: “Há três coisas que são maravilhosas demais para mim, sim, há quatro que não entendo: o caminho da águia no céu, o caminho da cobra na penha, o caminho do navio no meio do mar e o caminho do homem com uma donzela.”


Cada casamento tem a sua individualidade, assim como cada ser humano possui sua digital, mas existem valores que são essenciais para todos.


Serem dois em uma só carne é ter consciência de que não existe mais o que é melhor para ele ou para ela, mas o que é melhor para a preservação da aliança. Como? Zelando para manter a integridade física, emocional e espiritual do outro. E isso implica em respeitar as individualidades – limites e gostos.


Mostre interesse, incentive e apoie as atividades de quem você ama! Lembre-se de que as personalidades diferentes não devem afastá-los, mas convergir para um bem comum, como a receita de um bolo.


2º Tolerância


1 Coríntios 13.4 a 7: “O amor é paciente, é benigno; o amor não arde em ciúmes, não se ufana, não se ensoberbece, não se conduz inconvenientemente, não procura os seus interesses, não se exaspera, não se ressente do mal; não se alegra com a injustiça, mas regozija-se com a verdade; tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.”


Todo o casamento precisa passar por ajustes diários, e isso implica em derrubar as barreiras construídas por situações mal resolvidas do passado e por aquelas que naturalmente causam desgaste por conta da rotina do casal.  


E como ser mais tolerante em momentos de extrema pressão?


- Compreendendo as limitações do outro;


- Ajustando o nível do seu “suportômetro”;


Lembre-se de que cura e libertação demandam tempo e cuidados.


- Ajustando o grau de exigência;


É desonesto exigir o que o outro não tem para oferecer!


- Suportando as situações e o outro em amor;


Será que tudo precisar do seu jeito e no seu tempo? Está na hora de tornar este relacionamento mais leve. Como? Com compreensão e diálogo!  


O objetivo da discussão é brigar ou encontrar uma solução? Ferir ou curar? Então, trate o outro como você gostaria de ser tratado: com carinho e respeito.


Em vez de cobrar, valorize o esforço do outro. Lembre-se de que o aperfeiçoamento vem com a prática.


- Nada de comparações!


Em vez de criticas, colabore!


A vida é simples... Quem complica tudo somos nós!


Acompanhe, a seguir, a mensagem na íntegra:


Redação

43 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Santidade é tema da Ceia de Oficiais de outubro

Durante a Ceia de Oficiais de outubro, realizada na Renascer Arena, que recebeu 40% de sua capacidade de público, o Apóstolo Estevam Hernandes ministrou falou sobre a santidade que nos leva a viver o

  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram

Central de Endereços

Para saber qual a igreja mais próxima clique aqui!

Assessoria de Imprensa

imprensa@renascer.org.br

© 2020 | Produzido por agência VB Creations  | Todos os direitos reservados.