“A essência é a base da influência!”

Atualizado: 1 de mar.

O 2º dia do Acampamento do O2, retiro de jovens da Igreja Renascer em Cristo, foi marcado por participações especiais.


De manhã, a influenciadora digital Patrícia Ramos apresentou seu show de stand comedy e o marido dela, Diogo Vitório, trouxe uma breve mensagem de reflexão e orou pelos jovens que tinham problemas emocionais. No encerramento do culto, houve um grande mover de cura e libertação.


À noite, Paulinho Makuko e sua banda agitaram a Fazenda Renascer com grandes clássicos do rock gospel nacional.

Na sequência, o fundador da Non Stop e empresário de Whindersson Nunes, Tirulipa, Simone Meneses e do pastor Deive Leonardo, Alex Monteiro, contou seu testemunho de conversão e falou sobre a diferença entre ser influenciador e ser influente.


“A maneira de nos comunicarmos e os meios podem ter mudado, mas o evangelho é o mesmo. Deus quer te transformar em um influenciador, para que você atraia pessoas para o Reino d’Ele!”, afirmou.


“Antes de tudo, precisamos ter consciência de que ser influenciador e ser influente são coisas diferentes. Existem pessoas que têm milhões de seguidores, mas não influenciam nenhum deles. Guarde isso: influente é aquele que aplica o que ensina. Influente é aquele que leva o outro a refletir e se desenvolver”, acrescentou.

Ele leu, como base da ministração, o texto bíblico de 1 Samuel 16.6 a 12, que diz: “Sucedeu que, entrando eles, viu a Eliabe e disse consigo: Certamente, está perante o Senhor o seu ungido. Porém o Senhor disse a Samuel: Não atentes para a sua aparência, nem para a sua altura, porque o rejeitei; porque o Senhor não vê como vê o homem. O homem vê o exterior, porém o Senhor , o coração. Então, chamou Jessé a Abinadabe e o fez passar diante de Samuel, o qual disse: Nem a este escolheu o Senhor.


Então, Jessé fez passar a Samá, porém Samuel disse: Tampouco a este escolheu o Senhor. Assim, fez passar Jessé os seus sete filhos diante de Samuel; porém Samuel disse a Jessé: O Senhor não escolheu estes. Perguntou Samuel a Jessé: Acabaram-se os teus filhos? Ele respondeu: Ainda falta o mais moço, que está apascentando as ovelhas. Disse, pois, Samuel a Jessé: Manda chamá-lo, pois não nos assentaremos à mesa sem que ele venha. Então, mandou chamá-lo e fê-lo entrar. Era ele ruivo, de belos olhos e boa aparência. Disse o Senhor: Levanta-te e unge-o, pois este é ele.”


“Existem muitas lições que a história de Davi nos ensina. Uma delas é que a nossa aparência não importa. Não importa como você quer que as pessoas te enxerguem, o que importa é aquilo que está no seu coração, o que importa é a sua essência, pois é algo que vem de Deus. Sabe o que eu aprendi? Que a essência é a base da influência!”, conscientizou.


Ele também relembrou que Deus tem um propósito específico para cada um de nós:


Salmos 139.16: “Os teus olhos me viram a substância ainda informe, e no teu livro foram escritos todos os meus dias, cada um deles escrito e determinado, quando nem um deles havia ainda.”


“Outra grande lição que a história de Davi nos deixa é que não podemos perder oportunidades só porque algumas pessoas não nos reconhecem. Quando foi chamado pelo profeta, em vez de se recusar o convite, pois já tinha sido deixado de lado, Davi compareceu e recebeu a unção, e o banquete só foi servido quando ele chegou”, reforçou.


“Não importa o que pensam, você é único e, por isso, é insubstituível para Deus! Abrace o seu chamado”, finalizou.



Redação

Fotos: Gustavo Ferreira dos Santos

Posts recentes

Ver tudo

Agosto é Mês dos Pais. Por isso, selecionamos 10 exemplos de pais citados nas Escrituras Sagradas, que nos inspiram até hoje. Acompanhe abaixo: 1- Abraão: Deus escolheu e chamou Abraão quando ele aind

Por Bispa Fê E aí? Como está sua lista de objetivos para este ano? Guardar dinheiro, ler mais livros, arrumar um novo emprego, começar a fazer exercício, aprender um novo idioma, comprar um carro novo

Neste sábado (06), durante a Ceia de Oficiais da Igreja Renascer em Cristo do mês de agosto, o Apóstolo Estevam Hernandes ministrou a oferta de Gideão. Acompanhe, a seguir, o resumo: Juízes 6.15 a 24: