top of page

31ª Marcha para Jesus reúne multidão em SP

Atualizado: 12 de jun. de 2023


A 31ª edição da Marcha para Jesus reuniu milhões de pessoas nas ruas da capital paulista, nesta quinta-feira, 8 de junho, feriado de Corpus Christi. O tema deste ano foi: “Jesus, Vencedor Invicto”.

A caminhada saiu do Metrô Luz, às 10h, e seguiu em direção à Praça Heróis da Força Expedicionária Brasileira, próximo ao Campo de Marte. Neste ano, 10 trios elétricos animaram o percurso de 3,5 km, que contou com a participação de 12 mil caravanas.

O trajeto começou após a oração de abertura do Apóstolo Estevam Hernandes, presidente da Marcha para Jesus no Brasil. Todos, de joelhos, consagraram a caminhada e levantaram um grande clamor pelo país e pelos pedidos de oração que colocaram em seus calçados.

“Durante estes 31 anos de história, nós glorificamos o nome de Jesus. São 2023 anos que nós podemos levantar nossas mãos e declarar: ‘Porque Ele vive, podemos crer no amanhã!’. Se Ele ainda estivesse morto, não estaríamos aqui hoje. Se Ele fosse apenas uma lenda, um mito, não estaríamos aqui. Se Ele fosse um homem comum, não estaríamos aqui. Mas Ele é o Rei dos reis e Senhor dos senhores. É tudo por Ele e para Ele!”, afirmou o líder da Renascer.


A crianças marcharam para Jesus com trio elétrico próprio. A organização também disponibilizou trenzinhos para o conforto dos pequenos. E, mais uma vez, “o bloco dos carrinhos de bebê” foi um dos destaques.


Por questão de segurança, durante todo o trajeto, uma equipe especializada fez um cordão de isolamento em volta dos participantes. Todos estavam acompanhados por um adulto responsável.


“Eu vim com minha família no ano passado e, neste ano, as crianças nos disseram: ‘Mãe, nós não podemos faltar!’. Sempre marchamos juntos, e eles adoram. No ano passado, meu filho estava noivo e marchou para que Deus abençoasse seu casamento. Hoje, eles voltaram casados e agradecendo por todas as bênçãos vividas!”, afirmou Andressa de Oliveira, da Comunidade Batista Nova Jerusalém.


“É a primeira Marcha da minha filha. É uma felicidade imensa estar aqui. Não tenho palavras para agradecer a Deus. Eu marcho há quatro anos e trazê-la aqui é uma resposta de oração!”, declarou Helen Cruz, da Igreja Cristo Salva.


A caminhada foi marcada por louvores e orações. O trio elétrico principal foi conduzido pelo Apóstolo Estevam Hernandes, que também recebeu autoridades políticas e lideranças cristãs nacionais e internacionais, como o Pastor Larry Ruch, dos Estados Unidos.


“É um privilégio estar aqui mais uma vez. Este movimento que o Apóstolo Estevam Hernandes iniciou no Brasil transformou não somente este país, mas outros nações. Eu conversei com muitos pastores e eles querem levar este movimento para seus países! O Senhor está fazendo uma grande revolução através do Brasil”, declarou ele.


“Eu estou emocionado. Desde a primeira Marcha, temos visto o céu se abrir. Contrariando as expectativas, o evento cresce a cada ano, pois não é uma obra de homens, mas do Senhor. Deus escolheu São Paulo para este mover. Já viajei o mundo tudo e nunca vi nada igual! Eu quero louvar ao Senhor pelo Apóstolo Estevam e pela Bispa Sonia Hernandes, pela garra e disposição. Eles enfrentam oposições de todos os tipos para que a Marcha seja realizada. O primeiro a marchar foi Jesus. E, hoje, estamos aqui marchando por Ele!”, declarou o Pastor Jabes de Alencar.

A Bispa Sonia Hernandes, que durante o percurso louvou com o Renascer Praise, se emocionou ao falar dos 31 anos de história da Marcha para Jesus: “Esse é um ambiente de milagre, se você realmente crê, nós estamos aqui declarando que o Senhor é poderoso a fazer infinitamente mais. O que acontece aqui é realmente muito forte. Não há um pedido de oração que Deus não tenha me respondido. São 31 anos marchando, mas nunca nenhuma Marcha é igual a outra! Estamos aqui, porque Jesus marchou por nós primeiro!”


“Nós marchamos por Jesus, pela esperança, pela paz, pelo amor ao próximo, pela nossa nação, porque nós acreditamos no poder transformador que há no nome de Cristo!”, acrescentou a Bispa Fernanda Hernandes Rasmussen.

O louvor e a adoração também ficaram por conta de Thalles Roberto e da Lakewood Music, grupo de louvor da maior igreja dos Estados Unidos.


“Para mim, é muita alegria, muita felicidade. Eu quero marchar para Jesus até ficar velhinho! Preparamos algo muito especial para hoje!”, disse Thalles.

Durante o trajeto em direção à Praça Heróis da FEB, centenas de intercessores ficam posicionados abençoando os participantes.


"Meu pai foi alcoólatra por 10 anos. Na minha primeira Marcha, eu marchei todo o percurso clamando por ele e, depois daquele ano, ele foi liberto. Faz três anos que ele não bebe. Hoje, eu venho somente agradecer!", testemunhou Camille dos Santos, da igreja Quadrangular.


"Meu milagre de Marcha é meu filho Davi. Marchei por nove anos clamando pela quebra da esterilidade, e o Senhor realizou o desejo do meu coração. Para os médicos, era impossível, mas o impossível dos homens é o possível para Deus. O Senhor concedeu o Davi no meu ventre. Em uma Marcha eu pedi e, na outra, eu agradeci com o meu bebê na barriga. E, hoje, eu continuo marchando. O Davi já tem nove anos e é um testemunho vivo do poder de Deus!", afirmou Sonia Regina Conceição, da Igreja Renascer em Cristo.

Para a segurança de todos, a Marcha para Jesus contou com tendas de atendimento emergencial nas laterais do palco, profissionais na área da saúde, bombeiros e ambulâncias espalhadas pelo trajeto. Na Marcha, também houve pontos de hidratação. Ao longo do percurso, a Sabesp distribuiu água para os participantes.


No local de chegada, foi montada uma megaestrutura de som luz, que recebeu ao longo do evento grandes nomes da música gospel nacional, como Anderson Freire, Bruna Karla, Daniela Araújo, Fernanda Brum, Gabriel Guedes, Julia Vitória, Lukas Agustinho, Marcus Salles, Mari Borges, Maria Marçal, New ID, Pastor Lucas, Pedras Vivas, Praise Cia, de Dança, Renascer Praise, Sarah Beatriz, Thalles Roberto, Theo Rubia, Ton Carfi, Thiago Melod, Victin e o grande vencedor do Gospel Singer 2023: Mays Music.






O evento também contou com duas atrações internacionais: Brandin Reed e Lakewood Music.


Durante os shows, Apóstolo Estevam Hernandes chamou ao palco todas as lideranças evangélicas que participaram da manifestação e representantes políticos, que fizeram um breve discurso e receberam uma oração.


“O que estamos vivendo aqui é uma resposta de oração! Deus procura adoradores que O adorem em espírito e em verdade. Eu tenho orado para que Deus envie um avivamento neste país. Eu creio que este país será transformado, não pelo poder dos homens, mas pelo poder de Deus!”, declarou o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) André Mendonça.


O governador de São Paulo Tarcísio de Freitas leu o texto bíblico de 2 Crônicas 7.14, que diz: “Se meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar e orar, buscar a minha face e se afastar dos seus maus caminhos, dos céus o ouvirei, perdoarei os seus pecados e sararei sua terra!”.


Ainda na concentração, o Apóstolo Estevam Hernandes sorteou um pacote de viagem para Israel e uma banda power trio entre todas as caravanas inscritas.


Salvações

Quem passa pela Marcha para Jesus, com certeza, encontra um caminho de salvação, onde uma nova jornada se inicia. É um verdadeiro divisor de águas.

No palco principal do evento, o Apóstolo Estevam levou uma mensagem libertadora e transformadora ao público, mostrando que, para Deus, não existem situações irreversíveis.


Após a ministração, centenas de pessoas confessaram, pela primeira vez, que Jesus Cristo é o Senhor e o Salvador de suas vidas.


Acessibilidade é uma das bandeiras da Marcha


A Marcha para Jesus conta com milhares de voluntários que são divididos em diversas coordenadorias. Uma delas, a PcD, é responsável por dar assistência às pessoas com deficiência física durante o evento.

Neste ano, elas puderam contar com o apoio do serviço Atende+ da SPTrans, que disponibilizou dezenas vans, responsáveis por buscá-las na estação Tietê e levá-las para a concentração.


Em uma área reservada em frente ao palco, eles tiveram uma visão privilegiada das apresentações musicais.


“Meu filho é cadeirante e víamos para a Marcha para Jesus pelo Serviço Atende+. Fomos muito bem atendidos e muito bem recebidos. Estou participando de uma maneira especial e única!”, declarou Cláudia Alves de Souza.


Os surdos foram acompanhados durante todo o evento – desde a caminhada até a última apresentação – por interpretes de Libras (Língua Brasileira de Sinais).

Cobertura e transmissão

A Marcha para Jesus foi transmitida em tempo real por meio de suas emissoras oficiais, Rede Gospel de Televisão e Rádio Gospel FM, e seus respectivos aplicativos.

Internautas do mundo todo também puderam acompanhar o evento em tempo real no site e nas mídias sociais da Marcha para Jesus.

Breve história da Marcha para Jesus

Em 1993, a Marcha para Jesus chegou ao Brasil através da vida do Apóstolo Estevam, que hoje é o presidente da Marcha no país, quando aconteceu a primeira edição do evento em São Paulo. Naquele ano, a Marcha saiu da Avenida Paulista, desceu a Avenida Brigadeiro Luís Antônio e chegou ao Anhangabaú, para a concentração. Mais de 200 mil pessoas participaram da manifestação, superando todas as expectativas.

Seis anos depois, cerca de 10 milhões de pessoas de mais de 170 países marcharam para celebrar o nome de Jesus Cristo. Cidadãos de diversas religiões, idade e raças saíram às ruas em países como Argentina, Canadá, Colômbia, Cuba, EUA, Finlândia, França, Itália, Japão, Moçambique, Rússia, entre outros.

Em outubro deste ano, a Marcha para Jesus será realizada em Israel pela nona vez, durante a Caravana Apostólica, promovida pela Igreja Renascer em Cristo.

Evento oficial

A Marcha para Jesus faz parte do calendário oficial do país desde setembro de 2009, quando a Lei Federal 12.025 foi sancionada.

Em São Paulo, o evento conta com o apoio da prefeitura de São Paulo, Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), SPTrans/ATENDE, São Paulo Turismo e Policia Militar.



Redação


Comments


bottom of page