Notcia

"Sinais da Aliana" tema do Encontro de Mulheres Mais que Vencedoras

Por renascer.org.br - 16/09/2017

'

Na tarde deste sábado (16), aconteceu a reunião mensal do projeto +QV (Mais que Vencedoras). O evento foi transmitido ao vivo do Renascer Hall para todas as sedes estaduais da Igreja Renascer em Cristo.
 
 
A imagem pode conter: 12 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé e multidão
 
Depois dos louvores do Renascer Praise e dos testemunhos edificantes, Bispa Sonia Hernandes trouxe uma mensagem inspiradora, com base no tema “Os Sinais da Aliança”.
 
Ela explicou que o Senhor se relaciona com o homem por meio de símbolos proféticos e citou alguns exemplos bíblicos para entendermos este princípio tão fundamental para uma caminhada de vitórias. Acompanhe a seguir:
 
1- A árvore no Jardim do Éden (Gênesis 2.16 e 17)
 
Desde e o Jardim do Éden, o Senhor se relaciona conosco por meio de símbolos proféticos. Por quê? Porque eles passam de geração para geração e nunca perdem o seu significado. No Éden, o símbolo profético era a árvore.
 
Ao se alimentar daquela árvore, Adão e Eva mostraram que Deus já não era mais a sua prioridade. Alimentar-se daquela árvore simbolizava a falta de respeito e uma traição. Simbolizava a ruptura do relacionamento que eles tinham com Deus.  
 
2- O arco-íris (Gênesis 9.11 a 16)
 
O arco-íris é outro exemplo de símbolo profético. É o sinal da aliança que que o Senhor estabeleceu após o dilúvio: “Estabeleço a minha aliança convosco: não será mais destruída toda carne por águas de dilúvio, nem mais haverá dilúvio para destruir a terra. Este é o sinal da minha aliança que faço entre mim e vós e entre todos os seres viventes que estão convosco, para perpétuas gerações!”.
 
3- A circuncisão (Hebreus 11 e Gênesis 17.10 a 14)
 
Quando chamou Abraão, o Senhor mostrou que, através dele, uma nova história seria escrita na humanidade. Mas enfatizou que, para ele se tornar pai de nações, ele teria que aprender a caminhar pela fé.
 
O sinal profético da aliança estabelecida a partir daquele momento em que Deus reafirma suas promessas a Abraão foi a circuncisão: “Esta é a minha aliança, que guardareis entre mim e vós e a tua descendência: todo macho entre vós será circuncidado. Circuncidareis a carne do vosso prepúcio; será isso por sinal de aliança entre mim e vós.”.
 
 4- O sangue do cordeiro nos umbrais (Êxodo 12.1 a 24)
 
Era o símbolo profético que impedia a ação do anjo da morte. Por meio dele, mostramos que somos propriedade exclusiva de Deus.
 
A imagem pode conter: 1 pessoa, sorrindo, texto
 
5- A mezuzah (Deuteronômio 6.1 a 9)
 
É o símbolo da proteção de Deus, de Seus estatutos e de Sua aliança com o homem. Em Deuteronômio, o Senhor disse: “Estas palavras que, hoje, te ordeno estarão no teu coração; tu as inculcarás a teus filhos, e delas falarás assentado em tua casa, e andando pelo caminho, e ao deitar-te, e ao levantar-te. Também as atarás como sinal na tua mão, e te serão por frontal entre os olhos. E as escreverás nos umbrais de tua casa e nas tuas portas.”.
 
6- A Arca da Aliança (Hebreus 9.4, 1 Samuel 7.1 e 2, 2 Samuel 6: 1 a 15 e Mateus 21.6 a 9)
 
A Arca da Aliança representa a presença de Deus. Dentro dela, havia o bordão de Arão, que floresceu e frutificou, uma urna de ouro com maná e as tábuas dos Dez Mandamentos, ou seja, símbolos de habilitação, unção, autoridade, transformação, poder de realização, conquistas, vitórias nas batalhas e do cumprimento das promessas do Senhor.
 
7- A Santa Ceia do Senhor (Mateus 26.26 a 28)
 
Após tomar o cálice, Jesus Cristo disse: “Porque isto é o meu sangue, o sangue da [nova] aliança, derramado em favor de muitos, para remissão de pecados.”.
 
Jesus praticou a Santa Ceia e nos ensinou a praticá-la. O Senhor, por meio destes símbolos, mostrou que, n’Ele, somos purificados e fortalecidos.
 
A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, pessoas no palco, pessoas em pé, multidão e área interna
 
“Os símbolos proféticos nos identificam, nos habilitam, nos dão autoridade e nos fazem invocar a presença do Senhor. Quando carregamos a presença de Deus dentro de nós, manifestamos Sua glória na terra!”, concluiu. 
 
 
Redação iGospel
Fotos: Sarah Brito e Karin Marcitello 
'

Ceia de Oficiais Outubro/2017 - A origem Apostólica da natureza divina - Apóstolo Estevam Hernandes
Ceia de Oficiais Outubro/2017 - A origem Apostlica da natureza divina - Apstolo Estevam Hernandes
09/10/2017 - Celebração - 19h - O naufrágio vai ser vencido - Apóstolo Estevam Hernandes
09/10/2017 - Celebrao - 19h - O naufrgio vai ser vencido - Apstolo Estevam Hernandes
09/10/2017 - Celebração - 10h - O naufrágio vai ser vencido - Bispa Sonia Hernandes
09/10/2017 - Celebrao - 10h - O naufrgio vai ser vencido - Bispa Sonia Hernandes
01/10/2017 - Celebração - 19h - Dia de vencer o anti-cristo - Apóstolo Estevam Hernandes
01/10/2017 - Celebrao - 19h - Dia de vencer o anti-cristo - Apstolo Estevam Hernandes